A educação está se adaptando às novas metodologias e formas de ensino-aprendizagem. Especificamente no caso dos professores, percebemos uma mudança significativa no papel exercido dentro e fora da sala de aula. Já não basta apenas professores experientes, é preciso que o educador inove e seja flexível! Confira, agora, algumas das principais competências que sua instituição de ensino deve procurar quando o assunto é perfil do professor do futuro!

Introdução

Seja você um gestor à procura de dicas sobre como montar um time altamente capacitado de docentes, ou um professor em busca de dicas sobre como se atualizar, uma coisa é certa: equipe que não inova, fica para trás!

Principalmente devido a pandemia do novo coronavírus, que obrigou o fechamento de instituições de ensino por todo o mundo, a educação teve que se adaptar rapidamente. Reformular processos, repensar as metodologias de ensino e buscar novas formas de se manter perto de seus alunos, mesmo distante fisicamente foram alguns dos principais desafios enfrentados.

É certo que toda essa migração digital já vinha sendo “sentida” de forma menos “urgente” há tempos, mas em muitos casos, as instituições de ensino preferiam não enxergá-la. Fato é que a forma de consumir serviços educacionais já não é mais a mesma. Alunos já não aceitam mais aulas monótonas e experiências “apáticas” dentro e fora da sala de aula. Tudo isso revela uma importante necessidade de adaptação por parte das instituições de ensino.

Falando especificamente do corpo docente, percebemos que profissionais que resistem a adaptação, possuem grandes chances de ficarem obsoletos. Antes, o docente era avaliado em grande parte por sua experiência, por seus anos a fio em sala de aula. Atualmente, essa realidade mudou. É claro que a experiência conta, mas inovação e capacidade de adaptação realmente tem sido as características mais procuradas por instituições de ensino. 

Portanto, quando nos referimos ao perfil do professor do futuro, na verdade estamos nos referindo ao perfil do professor atual. Caso contrário, ele não irá acompanhar o ritmo das salas de aulas. Afinal, o aluno não quer mais apenas ir para a escola/faculdade, ele quer criar e vivenciar experiências acadêmicas e pessoais marcantes. 

Tudo isso é ainda mais acentuado devido a grande quantidade de instituições de ensino no mercado. Por isso, caso o aluno não se sinta satisfeito com a IE atual, é simples: basta trocá-la!

Para evitar que isso aconteça, sua equipe deve trabalhar diferentes estratégias, e uma delas é um corpo docente inovador e moderno. A seguir, elencamos algumas competências marcantes em professores com o perfil do futuro, mas antes precisamos relembrar alguns pontos importantes.

Panorama atual

Sem dúvida, a transformação digital na educação é sinônimo de desafios e oportunidades. Para abordar de forma mais completa esse tema, nós realizamos uma live que contou com a participação do nosso CEO, Bráulio Vieira, em conjunto com o Guilherme Garritano, publicitário, sócio da Agência Chave Mestra.

Nesse conteúdo, eles dão dicas e insights preciosos. O objetivo é fazer com que a sua instituição de ensino se adeque à nova realidade do cenário educacional. Dê o play e aproveite o conteúdo!

Live Rubeus

Uma vez entendidas quais são as principais mudanças e impactos ocasionados pela transformação digital, podemos seguir:

6 características que compõem o perfil do professor do futuro

  • Versatilidade

Um professor versátil possui o talento para desenvolver aulas práticas inspiradoras que irão estimular a imaginação dos alunos. Além disso, ele explora os recursos disponíveis com o intuito de promover uma aprendizagem ativa.

Ademais, possui aptidão para permanecer flexível, garantindo que as habilidades de aprendizagem de cada estudante sejam trabalhadas. Além disso, é continuamente comprometido em criar um ambiente de sala de aula que seja estimulante e encorajador para os alunos.

  • Inovação

Um professor inovador sempre busca por formas de diversificar o aprendizado, sempre inova na forma de propagar o conteúdo, trabalhando de múltiplas formas diferentes recursos, tais como a utilização de tecnologias aliadas a educação. 

Está em constante mudança e é altamente motivado, entusiasmado e atualizado sobre mudanças que englobam sua área profissional e pessoal. Ademais, possui um sólido compromisso com o crescimento e com o desenvolvimento social e acadêmico de cada aluno.

  • Adaptação

O perfil do professor do futuro que é resiliente possui como ponto forte a sua capacidade de se adaptar à mudanças. Se você conferiu o nosso conteúdo “Livros sobre gestão educacional: 6 dicas que irão ampliar o seu conhecimento” e leu o livro “Quem mexeu no meu queijo?” certamente já ponderou sobre a importância de se antever e se adaptar a mudanças. 

Muitas pessoas preferem simplesmente ignorá-las como se isso fosse capaz de “pará-las”, mas na verdade só estão perdendo um tempo precioso para se adaptar. Foi exatamente isso que o fechamento das instituições de ensino expôs: professores que sabiam que precisavam se adaptar, mas que estavam postergando isso. 

O professor adaptável é aquele que percebe as mudanças e se esforça para retê-las e se adequar a elas. Esses profissionais são uma poderosa ferramenta para a instituição de ensino como um todo: não possuem medo de enfrentar novos desafios e possuem a capacidade analítica de estimular quem está a sua volta a fazer o mesmo. 

Em sala de aula, exploram diversas metodologias de ensino mediante recursos disponíveis. Seja no ambiente físico ou on-line, o perfil do professor do futuro que é resiliente é altamente positivo.

Por falar no papel do professor no ambiente on-line, tenho uma sugestão de material complementar para você! 

Material complementar para enriquecer a sua experiência

A modalidade de ensino híbrido integra o presencial e o virtual e consiste em uma das principais tendências educacionais, tendo sua utilização potencializada, principalmente, pelo isolamento social. Justamente por isso, é fundamental analisar cuidadosamente o papel do professor no ensino híbrido. Como inovar, atuar de forma eficiente e oferecer um ensino de qualidade? É o que detalhamos para você neste conteúdo!

Clique na imagem abaixo e confira todas as nossas dicas!

  • Comunicação

O perfil do professor do futuro contempla habilidades interpessoais e de comunicação com o objetivo de promover relacionamentos significativos com alunos, funcionários e pais. 

O professor que sabe se comunicar possui a capacidade de individualizar o ensino de forma consistente, com base nas necessidades e interesses do aluno.

  • Diversidade

O mundo está cada vez mais globalizado e inclusivo. Por isso, a diversidade é um tópico que deve ser trabalhado e exercitado em sala de aula. 

O educador que explora ambientes multiculturais e enfatiza a inclusão é alguém que agrega diferentes olhares à jornada educacional do aluno.

  • Habilidades comportamentais

Diante de tantos desafios e adaptações requeridos pela dinâmica de um mundo cada vez mais globalizado, a necessidade de equipar os alunos com habilidades que incluam pensamento crítico, criatividade e gerenciamento emocional se tornaram ainda mais urgentes.

O perfil do professor do futuro que promove a aprendizagem de habilidades comportamentais tem sido altamente visado por instituições de ensino, haja vista que são aprendizagens genuinamente importantes para a formação completa do estudante. 

Esse profissional tende a ser entusiasmado e possui a capacidade inata de compreender e motivar os alunos.

👉 Quer saber mais sobre como promover as habilidades comportamentais em sala de aula? Leia nosso conteúdo “Competências socioemocionais na educação: por que é tão importante trabalhá-las?

Como promover o perfil do professor do futuro em minha IE?

  • Incentive o aprimoramento constante

Sabemos que, muitas vezes, não tiramos um tempo para se manter atualizado e buscar novos conhecimentos. Entretanto, essa é uma parte extremamente necessária para todo profissional que deseja se manter ativo em sua profissão. 

Por isso, uma dica importante é estimular que a sua equipe em geral aposte na educação continuada. Através dessa prática é possível compreender que a aprendizagem é um processo para a vida toda e que deve ser praticada continuamente. 

Por falar em educação continuada, temos um conteúdo completíssimo sobre o tema! Estou falando do e-book  “Educação Continuada: como instituições de ensino aumentam sua receita”.

Estamos disponibilizando esse material de forma totalmente gratuita. Você pode baixá-lo clicando na imagem abaixo!

Educação Continuada: como instituições de ensino aumentam sua receita - Rubeus

  • Invista em Treinamento & Desenvolvimento

Os treinamentos são muito importantes para que todo o time caminhe junto e se renove constantemente. Por isso, invista no Treinamento e Desenvolvimento do seu time de docentes. 

Temas como a utilização de ferramentas tecnológicas em sala de aula, ensino híbrido e metodologias ativas podem ser de grande valia para eles utilizarem no dia a dia da dinâmica escolar.

  • Atualizar-se quanto ao uso da tecnologia

Conforme mencionamos em nosso conteúdo “Benefícios da inteligência artificial na educação: conheça 5 motivos para investir”, a tecnologia já é realidade nas salas de aula, seja através do celular que o aluno não deixa de lado ou através de metodologias inovadoras de ensino. 

Por isso, o docente deve estar atualizado sobre questões como redes sociais, portal do aluno, Sistema de Gestão, grupos de WhatsApp para comunicação, salas de aulas virtuais e envio de materiais via e-mail, por exemplo.

Junte-se a nós!

Que tal receber dados relevantes de tendência do mercado educacional, com prioridade e diretamente em seu e-mail? 

Assine agora o nosso Boletim Informativo e junte-se a mais de 7000 pessoas! Clique na imagem abaixo e entre para a nossa lista.

QUERO RECEBER O BOLETIM PARA IEs - Rubeus

Bônus: 3 dicas de como inovar nas aulas!

Se você leu nosso conteúdo sobre o perfil do professor do futuro até aqui, vai conferir nossas 3 dicas bônus de como inovar nas aulas. Vamos lá?

  • Gamifique a sua aula

A gamificação consiste no uso da lógica dos games em outros contextos. Em suma, refere-se à aplicação de componentes de jogos em outros aspectos da vida. 

Quando aplicamos esse conceito ao cenário educacional, o objetivo da gamificação consiste em gerar maior envolvimento e engajamento do aluno com o conteúdo que será lecionado. 

Assim, o professor utiliza ferramentas  e métodos para desenvolver formas inovadoras e atrativas de ministração das aulas, inspirando-se em jogos e, assim, despertando nos alunos a vontade de se envolver de forma ativa com o processo de aprendizagem.

Clique na imagem abaixo e saiba como gamificar a sua aula através de nossas dicas valiosas! 

Como aplicar a gamificação na educação: 5 dicas para gamificar a sua aula - Rubeus

  • Promova a diversidade

Promover a diversidade e inclusão em todas as frentes de atuação é essencial para o sucesso de uma instituição de ensino.

Além disso, a diversidade representa inúmeros benefícios para as instituições que a promovem, tais como:

  • maior atração de alunos;
  • melhora a reputação da marca;
  • diminui a evasão;
  • potencializa o marketing de recomendação;
  • cria uma comunidade engajada, tanto de colaboradores quanto de alunos.⠀⠀

Diversificar a aula pode ser benéfico para um maior engajamento, pertencimento e empenho nos estudos.⠀

  • Trabalhe metodologias ativas

Metodologias ativas de aprendizagem consistem em um amplo processo que objetiva colocar o aluno como o agente principal da sua aprendizagem. Tudo isso através de ações pensadas especificamente para essa finalidade.

Quando o professor faz uso de metodologias ativas, o aluno torna-se o centro da educação. Ou seja, ele participa ativamente. Esse modelo de ensino objetiva fazer com que a comunidade acadêmica desenvolva a capacidade de assimilação de conteúdos de forma autônoma e participativa.

Entenda mais sobre como utilizar as metodologias ativas para tornar o processo de ensino-aprendizagem mais envolvente e atrativo. Leia nosso conteúdo sobre o tema:

Uso de metodologias ativas - Rubeus

Material complementar para enriquecer a sua leitura

Espero que esteja gostando do nosso conteúdo sobre o perfil do professor do futuro! Para tornar a sua experiência ainda mais completa, separei 3 sugestões de leituras complementares que podem ser úteis para você!

👉Saúde mental dos professores na quarentena: 10 dicas para você se cuidar

👉A necessidade de um psicopedagogo na escola: entenda mais sobre a importância desse profissional

👉Tipos de metodologias ativas de aprendizagem na EAD: 6 métodos para colocar em prática

Plataforma Rubeus

Considerações finais

Para finalizar, quero te convidar a deixar a sua opinião nos comentários e a compartilhar esse blog post com alguém. Afinal, uma equipe que aprende junto,  cresce mais rápido. 😉

Até a próxima!

Natália de Paula - Rubeus

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.