Utilizar, de forma estratégica, as redes sociais da sua instituição de ensino é bastante vantajoso para atrair e captar mais. Pensando nisso, separamos informações essenciais para você começar hoje mesmo a potencializar a captação de alunos nas redes sociais da sua instituição de ensino. Confira!

Tempo estimado de leitura: de 10 a 15 minutos

Se você enxerga as redes sociais como uma grande e estratégica forma de captar mais alunos você está completamente certo. Por isso, neste blog post reunimos várias dicas para te ajudar a fazer isso.

Confira os principais pontos deste conteúdo:

  1. Panorama inicial
  2. O Marketing Digital para educação e a captação de alunos nas redes sociais 
  3. Planejamento é a palavra de ordem
  4. Para não errar na hora de investir em redes sociais
  5. Boas práticas para a captação de alunos nas redes sociais
  6. Dicas para aumentar a sua captação de alunos nas redes sociais 
  7. Conclusão

1. Panorama inicial

De acordo com o estudo realizado pela Social Media Trends, no Brasil, cerca de 78% dos usuários de internet estão em alguma rede social. Essa informação ilustra bem o quão relevante é a utilização da internet. Além do fato de que ela pode influenciar diretamente o processo de decisão de compra dos consumidores.

Provavelmente você já sabe que grande maioria dos potenciais alunos da sua instituição de ensino passam horas navegando diariamente (sim, diariamente) nas redes sociais, não é mesmo? Por isso, podemos concluir que…

O uso inteligente das redes sociais é capaz de potencializar a atração de leads. Assim, a partir de um eficiente trabalho de nutrição, é possível aumentar significativamente o número de alunos matriculados na sua IE.

Mas, a grande pergunta é: o que você tem feito para utilizar essa informação à favor da sua instituição de ensino? 

A verdade é que não basta somente “marcar presença” nos canais digitais. É preciso possuir uma estratégia bem definida e fácil de gerenciar. 

Além disso, a utilização das redes sociais não limita-se apenas à atração e a captação de alunos. Sua utilização também permite ganhar maior autoridade e, consequentemente, maior competitividade no mercado em que se atua.

Atualmente, as mídias sociais são importantes pilares na hora de atrair, engajar e fidelizar os clientes, de todo e qualquer segmento.

Um dos principais objetivos do uso das redes é a nutrição dos potenciais alunos de forma sustentável. Mas, como fazer isso? Através da divulgação de conteúdos relevantes que amadureçam suas necessidades. Além disso é fundamental que esses conteúdos sejam capazes de preparar-los, conduzi-los e avança-los na Jornada de Compra Educacional até à matrícula na instituição de ensino. 

2. O Marketing Digital para educação e a captação de alunos nas redes sociais 

O Marketing Digital para educação consiste em um conjunto de estratégias de comunicação desenvolvidas pelas IEs no meio digital. Resumidamente, alguns dos objetivos são: divulgar sua marca, atrair novos alunos, promover o serviço educacional e estar presente, por exemplo, nas redes sociais. Tudo isso, tenderá a melhorar o relacionamento com seus potenciais e atuais alunos e, consequentemente, aumentar a fidelização deles.

Além disso, ao utilizar-se do Marketing Digital, sua instituição consegue atingir um maior número de potenciais alunos. Isso porque é possível chegar até eles de forma mais rápida, personalizada e eficiente.

Para te ajudar a assimilar melhor este tema, tratamos sobre os benefícios desse tipo de Marketing em um post em nosso Instagram. Conheça-os clicando na imagem abaixo:

Post no Instagram: Marketing Digital para educação - Rubeus 

“Redes sociais são canais de relacionamentos. Relacionamentos são negócios disfarçados.” André Damasceno

Elaborar estratégias capazes de direcionar ações eficientes nas redes sociais é cada vez mais necessário. Independe se o objetivo seja crescer ou manter os resultados. 

Outro ponto interessante é que as redes sociais podem atuar também a favor da sua Gestão da Permanência de alunos. Isso porque, através de interações e conteúdos relevantes, é possível fazer com que o aluno se sinta realmente parte da “família”. 

É certo que, por muito tempo, a utilização das redes sociais como forma de promover um maior relacionamento com os potenciais clientes, foi bastante discriminada. Contudo, com o passar dos anos, com a popularização da internet e a criação de boas práticas, as mídias sociais se constituíram como um dos pilares na hora de atrair, engajar e fidelizar clientes. 

De forma resumida, a mentalidade deve ser: “meus potenciais alunos estão presentes nas redes sociais, então eu devo ir até eles.” 

Para saber mais sobre o Marketing Digital, sugerimos que você acesse nosso blog post específico sobre o assunto:

Blog post Marketing Digital para educação - Rubeus

Veja algumas dicas rápidas de como estruturar um Marketing Digital para educação que seja realmente efetivo:

     1. Criar e segmentar listas de e-mails 

Possuir listas de e-mails é fundamental para a sua estratégia de Marketing Digital. Por isso, em suas campanhas é muito importante colher contatos para a sua base de dados. 

Contudo, além de criar, é fundamental também segmentar as listas. Mas o que isso quer dizer? A segmentação de listas de contatos é uma das principais estratégias que a sua instituição de ensino deve colocar em prática. Isso porque, através dela, é possível aumentar as chances de sucesso em  suas campanhas de e-mail marketing.

Dentre os critérios que podem ser utilizados para segmentar as suas listas estão:

  • idade,
  • localização,
  • curso,
  • modalidade,
  • data de aniversário,
  • renda,
  • persona,
  • tipo de empresa,
  • cargo, formações anteriores,
  • ticket médio, dentre outros.

     2. Investir em um fluxo automatizado de e-mails 

A automação de marketing é essencial para o bom desempenho das suas campanha de captação de alunos. Assim, é possível enviar e-mails em grande escala, bem como segmentar o assunto de acordo com o momento em que o potencial aluno está em sua jornada de compra. 

Através de um Fluxo de Automação será possível segmentar o envio das mensagens, automatizar o agendamento das ligações e controlar as atividades.

     3. Criar listas de transmissão 

O tempo é um dos recursos mais valiosos e, por esse motivo, buscar constantemente práticas que otimizem o seu uso é fundamental.

Como qualquer outra organização, as equipes de Marketing e Relacionamento das instituições de ensino precisam buscar ferramentas e ações que possam, de alguma forma, tornar mais eficiente a forma com que as atividades são executadas. Logo, as equipes precisam planejar e gerenciar todos os seus recursos de forma inteligente, principalmente o tempo.


Falando em economia de tempo… Ao criar listas de transmissão será possível otimizar todo o trabalho. Além disso, sua equipe poderá segmentar as pessoas que irão recebê-lo (ao fazer isso, sempre leve em consideração a relevância dos assuntos para cada contato). 

     4. Apostar em CTA’s (Call to Actions)

CTA é a sigla para Call to Action que significa “chamada à uma ação”. Mas, na prática, o que é isso? É um link, geralmente, representado em forma visual ou textual dentro de uma página. Seu principal objetivo é fazer com que os usuários, no caso os potenciais e atuais alunos da sua instituição, realizem uma ação específica.

Contudo, a sua utilização deve ser estratégica e bem planejada. Questões como posicionamento, conteúdo, cor e formato, por exemplo, são fundamentais na hora de estruturar um CTA eficaz. Nesse blog post aqui você encontra alguns exemplos de bons CTA’s. 

     5. Utilizar técnicas de Copywriting

Para você, o que é uma boa escrita?

A resposta para essa pergunta pode variar de pessoa para pessoa. Porém, uma coisa é certa: através de técnicas eficazes e boas práticas, é possível tornar a sua escrita verdadeiramente poderosa. 

Ao utilizar técnicas de Copywriting, por exemplo, sua instituição de ensino estará prezando pela conquista da confiança do potencial aluno, através de conteúdos relevantes e poderosos. 

Resumidamente, o Copywriting é uma escrita com foco em conversão. Como assim? Ao utilizar técnicas de copy você estará influenciando o seu leitor na tomada de uma decisão.

Todavia, para que isso seja possível, é essencial unir um bom conteúdo visual a sua escrita persuasiva. 

Para saber mais sobre técnicas de escrita e como incorporá-la em suas estratégias de Marketing Digital para educação, acesse nosso blog post: 

Blog post Copywriting para IEs- Rubeus     

     6. Investir na geração de tráfego pago

O tráfego pago é uma estratégia de Marketing Digital que tem o objetivo de fazer com que as pessoas cheguem até a sua marca. Isso será possível por meio do investimento em campanhas e anúncios.

Resumidamente, sua instituição paga para que o seu conteúdo apareça para as suas personas, ou seja, para quem você deseja atingir. 

As duas plataformas mais conhecidas para fazer uma estratégia de tráfego pago de sucesso são o Google AdWords e o Facebook Ads.

     7. Realizar testes A/B

Os testes A/B são formas da sua equipe de Marketing verificar qual abordagem gera mais resultados e, assim, adotá-la.

Veja na prática:

Quando for estruturar um e-mail, busque criar dois tipos distintos de abordagens. Veja este exemplo: um e-mail com um CTA logo no início e outro que tenha um CTA mais ao longo do texto. Após enviá-los, verifique qual abordagem apresenta maiores taxas de abertura e cliques e, assim, priorize a que for mais efetiva.

Testes A/B podem ser desenvolvidos com base em questões como personificação, linguagem, comunicação visual, horário de envio… dentre muitas outras possibilidades. 

3. Planejamento é a palavra de ordem

O pontapé inicial para todas as instituições de ensino que desejam uma atuação efetiva nas redes sociais é o planejamento

Por isso, investir na construção de um Plano Estratégico de Marketing Digital, que norteie todas as ações das instituições nessas plataformas, é essencial.

A dica aqui é apostar em dividir o seu planejamento em motes específicos de campanhas de captação de alunos nas redes sociais. 

Logo a partir da definição de cada tema, direcionar a comunicação para cada canal social será mais simples de ser realizado. Com o intuito de facilitar ainda mais a atuação nas redes sociais, propomos que os motes sejam subdivididos em estratégias e ações inteligentes.

É necessário destacar que tão importante quanto criar essa máquina de planejamento para atuação mais assertiva das IEs nas redes sociais é criar um processo de monitoramento das ações praticadas.

GIF: Captação de alunos nas redes sociais - Rubeus

Na hora de planejar,  é fundamental se atentar aos estágios de amadurecimento do seu potencial aluno, veja:

Ao trabalhar com a ideia de funil é possível oferecer diferentes tipos de conteúdos, que vão ter sua variação determinada com o  momento vivenciado por cada seguidor.

4. Para não errar na hora de investir em redes sociais 

Agora que você já tem tudo bem planejado e pensou nos detalhes é hora de começar a pensar na escolha das redes sociais que você irá atuar. 

Certamente, as mais recomendadas são aquelas em que a maioria dos seus alunos em potencial estão ativos. Somente desta forma será possível dar o pontapé inicial para a potencialização da sua captação de alunos nas redes sociais. Mas, para descobrir quais são essas plataformas, você deve conhecer bem as suas personasAlém disso, é preciso identificar tudo que as envolvem (comportamento, dores, medos, sonhos e desejos). 

De nada adianta investir em redes sociais que são muito populares, mas nas quais suas personas não participam efetivamente.

Para mapear sua persona, analise quais características seus estudantes têm em comum. Isso permitirá saber exatamente o que os potenciais alunos precisam, auxiliando na escolha dos melhores assuntos que serão tratados nas redes sociais. Ao fazer isso, sua IE terá como objetivo solucionar suas dúvidas e conquistá-los. Resultado? Maiores níveis de captação de alunos nas redes sociais.

Outra dica é acompanhar, por meio das próprias redes sociais, o comportamento dos seus potenciais alunos. Ao fazer isso será possível saber qual das redes sociais utilizadas pela sua instituição há maior acesso e até mesmo o horário com mais visibilidade dos seus conteúdos. Posteriormente, você poderá usar essas informações para compor sua estratégia. 

Para te ajudar na construção das suas personas, construímos alguns exemplos para você, acesse-os clicando na imagem abaixo!

Exemplos de Personas por Instituição de Ensino - Rubeus

5. Boas práticas para a captação de alunos nas redes sociais 

Para tornar o nosso estudo ainda mais direcionado e promover melhorias em seu processo de captação de alunos nas redes sociais, elencamos alguns exemplos do bom uso das funcionalidades delas, confira:

>> Facebook

Na pesquisa realizada pela Social Media Trends, o Facebook continua sendo a principal rede social utilizada pelas empresas.  

Além disso, ele é quase um ponto obrigatório para quem tem um blog, veja porque:

No Facebook, é possível que sua instituição de ensino divulgue conteúdos relevantes, basicamente, de 2 maneiras:

  • Através do Facebook Ads

Resumidamente, o Facebook Ads é uma das ferramentas mais rentáveis para o Facebook. Isso porque, ele funciona como um sistema de mídia paga no qual é possível desenvolver uma grande diversidade de formatos de anúncios. Através desses anúncios é possível que sua instituição de ensino gere um maior número de conversões, a partir de uma segmentação eficaz e anúncios realmente efetivos.

A dica neste momento é analisar, de forma eficiente, quais as palavras-chave mais interessantes para a sua instituição de ensino. Assim, será possível investir em anúncios realmente relevantes no Facebook Ads.

Veja um exemplo prático da utilização do Facebook Ads:

Exemplo de utilização do Facebook Ads - Rubeus

  • Promovendo seus conteúdos na sua página (linha do tempo)

Uma opção gratuita para promover o seu conteúdo é divulgar diretamente no feed. Ao fazer isso, consequentemente, você estará inserindo o seu conteúdo na linha do tempo do perfil da sua instituição de ensino. 

Veja um exemplo:

Exemplo de utilização do Facebook - Rubeus

Algumas das funcionalidades para a potencialização da sua captação de alunos nas redes sociais são:

  • Stories: funcionalidade que permite postar fotos e vídeos com duração de 24 horas. A grande vantagem promovida por essa funcionalidade é a possibilidade de interação entre sua instituição e seus potenciais e atuais alunos. Isso porque esse tipo de funcionalidade está em alta; 
  • Eventos: a criação de eventos pode ser usada para realizar a ampla divulgação de eventos que serão realizados em sua instituição. Feira de profissões, mesas redondas sobre profissões ou orientação vocacional e de carreira são alguns exemplos;
  • Feed: não podemos esquecer da principal função do Facebook que é a capacidade de fazer postagens de conteúdos relevantes. Nele, é possível divulgar aos potenciais alunos materiais ricos como artigos, infográficos e e-books. Além disso, sua IE pode analisar o engajamento dos seus potenciais e atuais alunos com suas publicações mediante as interações realizadas. Comentários, curtidas com tipos de reações diferentes (“amei”, “uau”, “haha”, “raiva” e “triste”) e compartilhamentos são alguns exemplos. 

>> YouTube

O YouTube é a principal rede social quando o assunto são vídeos. E como utilizar isso a favor da sua IE? Através de ações para atrair, educar e informar seus potenciais e atuais alunos. 

Ele é utilizado para divulgar vários tipos de vídeos e também permite com que você agrupe em categorias os seus vídeos. Isso facilita a organização dos conteúdos da sua instituição, bem como a visualização por seus usuários. O uso dessa ferramenta pode proporcionar muitas vantagens às IEs. Dentre elas está contribuição para a potencialização da captação de alunos nas redes sociais.

Alguns bons exemplos de conteúdos que podem trazer bons resultados nessa rede social são:

  • vídeos institucionais,
  • tour virtual mostrando a infraestrutura física e tecnológica,
  • campanhas de processos seletivos,
  • notícias de mídia que vinculam positivamente o nome da instituição,
  • eventos promovidos,
  • vídeos curtos com diferenciais da IE e dos seus cursos,
  • depoimentos de sucesso de alunos e ex-alunos.

Para você ter um exemplo prático, separamos uma inspiração:

Vídeo institucional - Rubeus

>> Instagram

Uma boa parte dos seus candidatos só vão conhecer efetivamente a instituição de ensino no dia do processo seletivo ou até mesmo no primeiro dia de aula. Entretanto, suas avaliações começam muito antes. Neste contexto, a imagem que eles constroem da sua instituição é, em grande parte, influenciada pela experiência ao acessarem seus canais digitais. 

Portanto, a experiência digital é fundamental para incentivar seus potenciais alunos a avançarem no processo de decisão de inscrição ou matrícula. Logo, é evidente a necessidade de utilizar-se, estrategicamente, os perfis digitais da sua instituição. 

Dentre as diversas redes sociais atuais, o Instagram passou a ser uma das fontes de contato e interação mais utilizadas pelos potenciais e atuais alunos. Além disso, ele é uma rede social mais visual, isso quer dizer que a abordagem mais indicada para uma atuação de qualidade nesse ambiente é o uso de imagens e vídeos curtos. Por isso, um dos requisitos para ser eficiente é que todos esses materiais possuam alta qualidade e resolução.

Inspirações- Rubeus

Essa rede social vem crescendo cada dia mais. Com isso, novas atualizações sempre estão sendo lançadas para fidelizar os já então usuários e conquistar novos, o que favorece e facilita a comunicação e a atuação das IEs.

Exemplo disso é a possibilidade de interação com os estudantes por meio da funcionalidade dos Stories. Essa, por sua vez, possui constantes novidades que vem proporcionando novas formas de interação. As opções de inserir perguntas, enquetes e gifs, por exemplo, são ótimas funções para incentivar a participação e interação dos potenciais alunos com a sua instituição.

Além disso, o Instagram possui mais uma novidade: o IGTV. Essa funcionalidade é direcionada à divulgação de vídeos assim como o YouTube com duração de até uma hora. A vantagem da sua instituição utilizá-lo também encontra-se na possibilidade de interação com os potenciais e atuais alunos através dos comentários. Mas não é só isso… tem também a opção de compartilhamento, que permite o alcance de novos usuários.

Devido o grande crescimento desta rede social, nós preparamos um Guia sobre como sua instituição pode potencializar o seu perfil no Instagram. Confira!

Precisando de inspirações? Em nosso perfil no Instagram você encontra dicas e insights diárias, fique por dentro, clicando AQUI.

>> LinkedIn

Embora o LinkedIn não seja tão popular, é fundamental que sua IE possua um perfil nesta rede social. Isso porque ele pode contribuir bastante no alcance dos seus conteúdos. 

Basicamente, a promoção de conteúdo nesta rede social pode ser realizada de forma semelhante ao Facebook, veja:

  • Promover conteúdos na página da sua instituição de ensino,
  • Promover conteúdos através de postagens em grupos de discussão,
  • Promover conteúdos através de anúncios.

Mas qual a diferença para o Facebook?

É a abordagem! Isso porque o LinkedIn é mais direcionado para o lado profissional, o que faz com que seja uma rede social mais madura. Isso significa que o público está presente nesta rede social por um motivo principal: buscar por oportunidades e conteúdo útil para sua vida profissional. Assim, é essencial que sua IE não confunda as abordagens, pois isso poderá afetar diretamente os resultados da sua captação de alunos nas redes sociais.

Veja uma das publicações no perfil da Rubeus, para você se inspirar:

Inspirações - Rubeus

Precisando de inspirações? Acesse o nosso perfil, clicando AQUI

6. Dicas para aumentar a sua captação de alunos nas redes sociais 

Agora que já conhecemos a importância de possuir uma eficiente captação de alunos nas redes sociais, elencamos algumas das principais funcionalidades que podem ser utilizadas por sua IE. Veja quatro dicas para aumentar suas matrículas através do bom uso dessas ferramentas.

  • Publique conteúdo de qualidade e relevante

Qualidade em todos os conteúdos produzidos é extremamente necessário quando o assunto é estabelecer a confiança dos potenciais alunos em sua instituição. 

Por isso, investir em Marketing de Conteúdo Educacional para conversão de alunos e na contratação de uma equipe especializada nessa área faz toda diferença. Isso porque um conteúdo que agregue valor para a sua persona cria uma percepção positiva da sua instituição. Além disso, facilita a condução do potencial aluno pelo Funil de Captação de Alunos.

Exemplos de conteúdo por níveis de ensino - Rubeus

Para que o conteúdo seja relevante, ele precisa despertar o interesse do potencial aluno. Por isso, busque, vincular em seus materiais ideias interessantes e que despertem a atenção e curiosidade.

  • Promova um meio de contato 

As vantagens do bom uso das redes sociais para as instituições de ensino são variadas. Uma delas, é a possibilidade de atender prontamente e até mesmo em tempo real os potenciais e atuais alunos. Além disso é possível estabelecer, assim, um bom relacionamento com eles ao interagir e tratar as particularidades de cada interessado.

Mas, como fazer isso? É recomendável que você disponibilize, em cada rede social que atua, uma forma de promover diálogos ou responder qualquer eventual dúvida dos interessados. Além disso, esteja sempre atento para respondê-los rapidamente, buscando oferecer (sempre) um atendimento de excelência

3. Monitore seus resultados

Não é novidade que analisar os resultados de qualquer ação desenvolvida por sua instituição é essencial, não é mesmo? Isso também é válido para a captação de alunos nas redes sociais. Por isso, uma dica é utilizar o Google Analytics. Através dele será possível acompanhar quantos alunos vieram das redes sociais até o site institucional. Além de visualizar aqueles que realizaram suas inscrições em seu processo seletivo, e quantos destes realmente se tornaram alunos da instituição. 

Com isso, é possível avaliar se todo o trabalho nas redes sociais está sendo efetivo ou não.

Uma forma mais subjetiva de avaliar a efetividade dessas práticas é monitorar as interações entre instituição e potenciais alunos nas redes sociais. Para isso, fique atento aos comentários dos estudantes sobre o que eles acham da sua instituição. Isso contribuirá para o desenvolvimento contínuo da sua IE e, principalmente, no mapeamento de ações que melhorem a satisfação deles.

7. Conclusão

Com o crescimento no uso dos canais digitais é inevitável a utilização de estratégias de Marketing Digital. Através delas é possível aumentar a  sua captação de alunos nas redes sociais e manter-se competitivo no mercado educacional.

Dentre suas inúmeras vantagens, destacam-se a divulgação de conteúdos de acordo com as necessidades de sua persona e a possibilidade de interação rápida entre instituição e alunos. 

Por isso, a atuação segmentada e planejada da sua IE para a captação de alunos nas redes sociais pode ser considerada uma poderosa forma de alcançar mais leads. Além de uma grande facilitadora no processo de conversão de alunos.

Nesse contexto, o grande desafio é saber explorar o máximo possível cada função das redes sociais. Para isso, é importante formar uma equipe de Marketing especializada em Marketing Digital que seja capaz de gerir com eficiência as redes sociais da instituição de ensino.

Após ler esse blog post acredito que você deve estar cheio de ideias e não pode  ficar parado, não é mesmo? Então, mãos à obra! 

Este conteúdo serviu para te inspirar? Que tal compartilhá-lo com alguém da equipe?

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.