A captação de alunos é, atualmente, parte essencial na obtenção de resultados satisfatórios. Por isso, esse processo deve ser visto como uma forma de estimular e encorajar o potencial aluno a passar fase a fase até o estágio final: a matrícula. Neste blog post, reunimos informações essenciais sobre essa prática e como, através de ações simples, é possível revolucionar a forma como sua IE capta alunos.

Sua instituição de ensino tem travado uma verdadeira batalha para conquistar alunos? Suas turmas possuem mais vagas não preenchidas do que alunos matriculados? Você tem fechado cursos devido ao número insuficiente de inscritos? Sua captação de alunos precisa ser melhorada? Se você respondeu sim para alguma dessas perguntas, a nossa dica é que você leia esse blog post até o final. 

Caso a sua situação não seja tão alarmante, mas você sente que pode melhorar, aconselhamos que você também leia esse conteúdo e verifique se está fazendo tudo o que pode para potencializar o desempenho da captação de alunos da sua instituição. 

Confira o que você verá neste conteúdo:

1. Panorama inicial

Quando o assunto é a captação de alunos, a grande maioria das instituições de ensino entendem a sua importância, contudo não sabem por onde começar

Contudo, é preciso entender que uma IE que não capta mais alunos, consequentemente, não cresce e não gera receita, estagnando os seus resultados, podendo ocasionar, até mesmo, sua falência. 

Assim, é fundamental que sua IE encare a captação de alunos como um processo imprescindível para o alcance de um bom desempenho. Por isso, ela deve ser trabalhada e melhorada, dia após dia.

2. Mas, afinal, o que é a captação de alunos?

A captação de alunos refere-se ao conjunto de práticas e estratégias de Marketing e Vendas realizadas pelas IEs, a fim de atrair e converter cada vez mais potenciais alunos em matriculados.

Para que essas estratégias sejam realmente eficazes, elas devem envolver pontos importantes. Definição de objetivos e metas da instituição, segmentação do mercado de atuação, interação estratégica com os leads, definição das personas a serem alcançadas, posicionamento da marca, dentre outras variáveis que, juntas, conseguem atrair, de forma mais eficiente, o seu potencial aluno.  

ATENÇÃO: embora o processo de captação de alunos seja fundamental para obter bons resultados, ele não deve ser o único foco da sua equipe de relacionamento. Isso porque após a conversão do aluno há ainda o desafio da Gestão da Permanência, que visa garantir o sucesso do estudante e sua satisfação, assim como evitar preventivamente  a evasão. 

Nesse blog post, trataremos especificamente sobre a captação, mas não se preocupe, ao final teremos alguns insights sobre a importância de se investir em eficientes processos voltados para a permanência de alunos. 

3. Tempos modernos: seja bem-vindo (a) à nova forma de captar 

Durante muito tempo, as instituições de ensino investiram seus recursos financeiros para a captação de alunos, em canais de divulgação off-line. No entanto, com o avanço digital, houve uma perceptível mudança na forma e nos meios para se captar alunos. 

Agora, quero te fazer uma pergunta: você já buscou por informações sobre produtos ou serviços na internet, antes de efetivar alguma compra? 

Se sim, saiba que isso é cada vez mais frequente! Segundo números do relatório Digital in 2018, do website We Are Social, mais de 4 bilhões de pessoas em todo o mundo utilizam a Internet, sendo que quase 1,8 bilhão de pessoas estão comprando on-line. Ou seja, a forma de comprar já não é mais a mesma! 

PERCEBA: anteriormente, o vendedor era a fonte das melhores informações quando o assunto era a busca por um produto ou serviço de qualidade. Atualmente, essa realidade é completamente diferente, através de um simples click, já é possível saber tudo sobre o que você está querendo adquirir.

Mas, você deve estar se perguntando como isso afeta a sua IE, não é mesmo? 

Bem, assim como todos os consumidores, os seus potenciais alunos também mudaram a forma de demandar serviços educacionais. Como sabemos, a escolha por uma instituição de ensino requer planejamento, pesquisa e muita informação. 

Além da incerteza acerca de qual curso escolher, o aluno precisa considerar questões como a busca por melhores preços, localização, formas de pagamento, oportunidades oferecidas pelo mercado de trabalho, amplitude de atuação, grau de especialização, entre outras variáveis que afetam diretamente sua tomada de decisão.

Diante desta nova forma de captar alunos, a pergunta que não quer calar é: por onde as instituições devem começar?

4. Estruturando processos eficientes 

Como vimos,uma boa gestão educacional é fundamental para o sucesso de toda e qualquer instituição de ensino. Por isso, estruturar processos realmente eficientes é tão necessário. Afinal…

Melhores experiências, melhores resultados - Rubeus

Você, enquanto gestor, deve entender que a conquista de um aluno é composta por diversas etapas que, juntas, permitem a efetivação da captação. Essas etapas, por sua vez, envolvem variáveis que vão desde a atração até a qualificação de alunos. Esquematicamente, você pode visualizar os processos da seguinte forma:

Quando analisamos cada um dos processos separadamente é possível perceber o quanto cada um deles é indispensável para o sucesso da captação. Além disso, assim, você conseguirá visualizar formas de melhorar cada um deles,  veja:

>>> Processo de Atração:

Através de ações poderosas, sua instituição de ensino pode se transformar em um verdadeiro “ímã” de leads, aumentando, significativamente, os índices de captação de alunos.

A fórmula para elevar o número de matrículas é investir no aumento do número de leads que sua instituição atrai. 

Por isso, é importante considerar, figurativamente, a atração de leads como uma chave que abre a porta da captação de alunos da sua instituição. Isso porque, antes de captar e reter, é preciso atraí-los, não é mesmo?

Para saber mais detalhes sobre esse processo, clique AQUI.

>>> Processo de Geração:

A geração de leads é fundamental para o crescimento de toda e qualquer IE. Pensando nisso, é essencial planejar, de forma eficiente, quais serão os primeiros passos a fim de atrair a atenção dos interessados e possíveis alunos.

Como o próprio nome sugere, geração de leads é o mesmo que gerar interessados em sua instituição de ensino para a sua base de contatos. Feito isso, é importante priorizar tais contatos, classificando-os de acordo com o potencial que eles têm de se tornarem alunos.

Para saber mais detalhes sobre esse processo, clique  AQUI

>>> Processo de Nutrição:

O processo de nutrição nada mais é do nutrir o lead, através de ações estratégicas, para que ele amadureça em sua decisão de compra. 

Isso porque o que se espera de um  potencial aluno que está em um fluxo de nutrição é que ele avance em sua jornada de compra até que chegue ao fundo do funil e efetive sua matrícula. Para isso, é importante que você o incentive o que pode ser realizado através de conteúdos interessantes para cada momento.

Basicamente, caso sua instituição não conte com um processo de nutrição bem consolidado, todo o esforço para atrair, captar e converter poderá não surtirá o efeito desejado.

>>> Processo de Qualificação:

Em resumo, a qualificação de leads se inicia com a segmentação daqueles prospects que realmente apresentam a probabilidade de efetivação de compra. 

Mas, por que fazer isso? Ao identificar os leads que representam as melhores oportunidades de negócio, suas equipes podem realizar um processo de prospecção mais de perto, o que aumenta as chances de converter mais e assim melhorar o seu desempenho.

>>> Processo de Conversão:

Embora o processo de conversão seja posterior ao de captação, é dependente dela para acontecer. 

No cenário educacional, a conversão é vista como um sinônimo de oportunidade de negócio. Ou seja, são visitantes que se transformam em alunos. Apesar de possuir a mesma importância para todas as instituições de ensino podem haver algumas variações no que tange o momento em que a conversão ocorre.

Para saber mais detalhes sobre esse processo, clique  AQUI. 

5. Marketing Educacional: o ABC para o sucesso da sua estratégia de captação de alunos

Em resumo, o Marketing para instituições de ensino consiste em um conjunto de ações que buscam criar e manter um relacionamento com potenciais e atuais alunos de forma a atraí-los, nutri-los, qualificá-los, convertê-los e fidelizá-los. Por essas razões, ele representa a ponte entre a instituição de ensino e suas personas.

O conceito de Marketing Educacional é uma especificidade do Marketing. Isso porque, levando em consideração as peculiaridades inerentes ao ramo educacional, o termo foi criado para discutir as melhores estratégias e ações para esse setor.

Há diversas formas de aplicabilidade do Marketing Educacional, dentre elas estão: o Marketing Digital, Marketing de Experiência, Marketing de Conteúdo, Marketing Direto, Marketing de Influência, Marketing de Afiliados dentre outros. 

Isso quer dizer que o leque de opções é enorme, basta sua instituição de ensino verificar qual a abordagem que melhor se encaixa aos objetivos e metas pretendidos. 

No nosso blog post Marketing para instituições de ensino você poderá conferir mais informações valiosas. Para acessá-lo basta clicar na imagem abaixo:

Marketing para instituições de ensino - Rubeus

6. De olho nos prospects: como estruturar uma prospecção efetiva 

A prospecção é primordial para qualquer empresa que deseja crescer e, consequentemente, ampliar seus resultados.

No cenário educacional, prospectar alunos é um dos principais desafios enfrentados pelas equipes de Relacionamento. Isso porque transformar um interessado em um aluno, realizando ações de atração, nutrição e qualificação, não é uma tarefa fácil.

Em síntese, a prospecção engloba todos os processos vistos anteriormente, até a conquista do lead. Ela pode ser dividida em duas distintas abordagens: a ativa e a passiva. 

Em um de nossos posts no Instagram, nós reunimos informações que te ajudarão a definir por onde começar o seu processo de prospecção de alunos. Confira!

Por onde prospectar leads? - Rubeus

Conheça mais sobre cada uma delas:

>>> Prospecção ativa:

prospecção ativa refere-se à estratégia tradicional de marketing, na qual a sua instituição atua de forma mais direta e intensa. Sua abordagem é baseada no perfil do potencial aluno (persona) da sua instituição de ensino. Nesse tipo de marketing, sua IE é quem vai em busca dos prospects.

>>> Prospecção passiva:

prospecção passiva é uma importante técnica de persuasão e atração de leads. Resumidamente, ao utilizar esse tipo de marketing, sua IE estará focada em educar e nutrir os potenciais alunos. 

Por sua abordagem mais sutil, ela distancia-se do conceito de Marketing Tradicional. Isso porque ele faz com que os potenciais alunos se sintam mais confiantes em avançarem para a próxima etapa de sua Jornada de Compra Educacional. Assim, eles se tornam mais propensos à conversão, realizando sua matrícula no longo prazo. 

7. Saiba por onde começar: conheça a Jornada de Compra Educacional

De modo geral, a Jornada de Compra Educacional é todo o percurso realizado pelo potencial aluno até que se matricule (ou não) em sua IE. Isso significa que desde o momento em que se desperta a necessidade até a efetivação da matrícula, o seu potencial aluno precisa amadurecer a ideia de compra, passando pelas diferentes etapas que compõem a jornada.

Bráulio Vieira - Rubeus

O primeiro passo, para isso, é considerar que a Jornada de Compra Educacional possui estágios diferentes que demandam estratégias de atuação específicas, veja: 

  • Descoberta e aprendizado

Durante a primeira etapa, o potencial aluno não tem o entendimento claro do seu problema ou necessidade. Isso porque ele ainda está no estágio inicial de descoberta e aprendizado.

  • Reconhecimento do problema

Após se aprofundar na ideia de que há uma necessidade, o seu lead reconhece que possui um problema.

  • Consideração da solução

Após o potencial aluno estar ciente da sua necessidade, irá querer resolvê-la. Assim, depois de realizar uma pesquisa, ele começa a considerar possíveis soluções.

  • Avaliação da ação final e conclusão da compra

Logo após ponderar sobre as soluções disponíveis, seu potencial aluno realiza uma avaliação sobre qual instituição melhor lhe atende. Assim, ele toma a decisão de compra.

Saber identificar e atuar em cada etapa é extremamente importante para determinar a melhor forma de nutrir os leads, encorajando-os a avançar para a próxima etapa. 

Agora pense bem: como um potencial aluno avançará ao longo da Jornada de Compra, caso não haja nenhum planejamento ou cuidado em nutri-lo? Sem que haja um acompanhamento efetivo, as chances de perdê-lo no caminho são grandes. 

Quer entender mais sobre a melhor forma de identificar os estágios percorridos pelo seu potencial aluno? Então você precisa conferir nosso blog post sobre a Jornada de Compra e o Marketing Educacional:

A jornada de compra dos alunos e o marketing educacional - Rubeus

8. Estruturando sua estratégia: conheça o Funil de Captação de Alunos

Após compreender a jornada percorrida pelo seu potencial aluno, é preciso definir como a sua IE poderá acompanhá-lo ao longo do percurso. 

Pensando nisso, o Funil de Captação de Alunos possui como objetivo demonstrar as fases de decisão de um potencial aluno até a matrícula. Ou seja, ele busca compreender cada etapa, de modo que sua IE esteja preparada para praticar ações como a captação e a nutrição de leads, por exemplo.

Assim como a Jornada de Compra Educacional, o Funil de Captação de Alunos é composto por etapas que demonstram os estágios de relacionamento entre sua IE e o potencial aluno. Englobando desde o primeiro contato até a efetivação da matrícula. Assim, torna-se possível identificar qual a melhor forma de nutrição, por exemplo, o que aumenta as chances de conversão.

Veja sua representação gráfica: 

Funil de Captação de Alunos - Rubeus

É importante destacar que embora o funil possua esse formato, nem sempre a trajetória do potencial aluno será gradual. Isso significa que nem sempre ele avançará de um estágio para o seguinte. Tendo em vista que ele pode avançar, retroceder ou até mesmo estagnar em alguma etapa.

Percebeu o quão importante é entender o seu Funil de Captação de Alunos? Pensando nisso, preparamos um material detalhado para você. Para acessá-lo, basta clicar AQUI!

Além do Funil de Captação de Alunos que atua de forma tradicional, há ainda o Funil em Y, que embora não seja tão conhecido, é um grande aliado para as estratégias de atração. Por isso, deve ser estudado e analisado com atenção.

Basicamente, através desse funil sua IE pode desenvolver uma abordagem ímpar, ao unir as estratégias de prospecção ativa e passiva. Com ele, você torna o seu processo de geração de leads cíclico. Assim, os leads da campanha atual podem ser trabalhados da melhor e mais estratégica forma possível, veja a sua representação visual:

Metodologia Rubeus de Captação Sustentável - Rubeus

Para saber mais sobre esse funil e como utilizá-lo para captar mais alunos, acesse nosso blog post específico, clicando AQUI

9. Marketing de Conteúdo Educacional na captação de alunos

Agora que você conhece as etapas pelas quais seus potenciais alunos passam, é preciso traçar formas de atuação que os atrairão para a sua instituição. Para este objetivo, o  Marketing de Conteúdo pode ser bastante atrativo, ao possibilitar captar alunos de forma efetiva e envolvente.

De maneira simples, o Marketing de Conteúdo é uma estratégia que visa o aumento das vendas. Mas, como? Através da criação e disponibilização de conteúdos relevantes e poderosos aos seus potenciais alunos. 

Resumidamente, funciona assim: sua IE cria conteúdos de qualidade sobre temas relacionados à necessidade das suas personas, de modo a responder suas principais dúvidas, atraindo-as e gerando valor.

Veja esse exemplo:

Considere que a Luana tem o desejo de realizar uma graduação, mas não sabe qual curso escolher. 

Storytelling - Rubeus

Como forma de agir estrategicamente e chegar até ela, sua IE desenvolve um conteúdo com várias dicas e informações para ajudá-la em sua tomada de decisão. 

Ao fazer isso, você estará atraindo-a até a sua instituição de ensino, ao mesmo tempo que a ajuda entender o que precisa. Bem como o fato de que sua IE pode oferecer isso a ela. 

Ao disponibilizar conteúdos relevantes ao seu potencial aluno, sua instituição está investindo em sua nutrição. Além disso, tornará a decisão dele mais fácil e, o levará  a perceber que sua IE pode sempre lhe ajudar. 

Confira 4 dicas rápidas para você não perder de vista na hora de produzir os seus conteúdos:

10. Dicas infalíveis para potencializar a sua captação de alunos

A grande maioria das instituições poderiam ser bem mais rentáveis se levassem em consideração o valor de um aluno ao longo do tempo, veja:

Imagine um cenário em que a sua instituição investiu em boas ações de Marketing e conseguiu, através delas, atrair 10.000 potenciais alunos. Desse quantitativo, foram realizadas 1.000 inscrições, gerando como resultado um total de 300 matrículas.

Obs: a taxa de conversão de inscritos / matriculados utilizada no exemplo acima correspondem à taxas superiores ao benchmark do mercado da educação superior. Dados fornecidos pelo DataCenso Educacional de 2018. 

Agora, veja o quão pode ser prejudicial para o fluxo de caixa das instituições àqueles alunos que viram “cadeiras vazias”. 

Considere um aluno matriculado que teria uma mensalidade de R$ 800,00 e um tempo de permanência médio na instituição de 30 meses. A sua ausência trará uma baixa no fluxo de caixa de R$ 24.000,00. Quando falamos de 100 alunos a menos em uma campanha, por exemplo, esse valor é de R$ 2.400.000,00.

Tais exemplos reforçam o porquê as instituições de ensino devem prezar pela otimização dos seus processos de captação e permanência de alunos.

Tendo em vista essa premissa resolvemos trazer 10 dicas para sua instituição potencializar o processo de captação de alunos. Isso porque uma vez que uma IE que sabe como atrair e converter suas personas é notoriamente destaque no ramo educacional, e, assim, os resultados são alcançados com mais facilidade. Para que isso seja possível, sua IE deve pensar em estratégias que tornem a captação um diferencial, portanto, que tal conferir nossas dicas agora? 

  • Invista em campanhas inteligentes 

Sua instituição de ensino pode diferenciar-se e alcançar uma boa vantagem competitiva por meio de um slogan criativo, de uma campanha envolvente e inteligente, de um bom programa de bolsas de estudo, um atendimento de excelência  e de um processo seletivo bem estruturado e executado, ou até mesmo pela qualidade do seu corpo docente.

Para isso, pondere acerca de questões que podem levar a sua IE a se destacar, tais como: 

  1. Seu colégio possui resultados satisfatórios em exames importantes como o ENEM  (Exame Nacional do Ensino Médio)? 
  2. Há investimentos em infraestrutura que contribuam para a melhor experiência de seus alunos? 
  3. Há definições claras de estratégias educacionais que visam a melhoria do ensino e da aprendizagem dos alunos? 
  4. Existe um cuidado com a formação humana deles? 
  5. Sua faculdade conta com uma equipe bem preparada e realmente capaz de conduzir o aluno ao longo de sua jornada acadêmica?

Em seguida, depois de mapear seus diferenciais competitivos, é importante que sua IE inicie um eficiente processo de posicionamento. Perceba que você deve buscar por seus diferenciais competitivos primeiramente, pois só assim será possível posicionar-se, estrategicamente, através deles.

Além disso, invista em ações que sejam capazes de tornar a sua atuação mais direcionada, como as campanhas de matrículas e de captação.

Basicamente, a campanha de matrícula é um conjunto de ações práticas que buscam alcançar resultados efetivos na conversão de leads, geralmente, durante o processo seletivo da sua IE. 

Já a campanha de captação, geralmente, envolvem ações de Marketing Promocional como forma de aumentar a captação de alunos, bem como uma maior lucratividade no longo prazo. 

  • Utilize as redes sociais a seu favor

Neste momento em que você está lendo este artigo, uma ou mais pessoas, em algum lugar do mundo, querem comprar exatamente o serviço que sua instituição oferece.

Se a notícia parece favorável, o lado mais difícil é a pergunta que fica: afinal, como encontrar esses potenciais alunos? 

A resposta para essa pergunta pode estar no uso das redes sociais de forma estratégica. 

Isso porque diante do cenário atual de uso das redes sociais, propiciado com a popularização da internet, é indiscutível que a maioria dos consumidores e, seus potenciais alunos, estão presentes ativamente nelas e as permitem afetar diretamente em suas decisões de compra. 

Pensando nisso, é importante que sua IE utilize, estrategicamente, suas redes sociais como meio de divulgação. Logo, é essencial utilizar seus canais como o Facebook, o LinkedIn e o Instagram, por exemplo, como ótimas formas de estabelecer um diálogo interativo bem como uma forma inteligente de solucionar dúvidas e divulgar suas campanhas de processo seletivo. 

Lembre-se: as redes sociais permitem que o potencial aluno sinta-se mais próximo à instituição, o que gera mais confiança, contribuindo assim para o engajamento e sua decisão de compra. 

Algumas boas práticas são fundamentais para o sucesso da sua captação de alunos através das redes sociais, veja alguma delas:

>> Facebook

  1. Investimento em anúncios segmentados;
  2. Utilização e monitoramento dos seus resultados através do Facebook Ads;
  3. Promoção dos seus conteúdos na sua página (linha do tempo).

>> YouTube

  1. Criação de vídeos Marketing institucional;

>> Instagram

  1. Desenvolvimento de estratégias eficientes através da funcionalidade “Story”;
  2. Investimento em conteúdos relevantes;
  3. Utilização da funcionalidade “Destaques” de forma segmentada;
  4. Engajamento através de interações em posts;

>> LinkedIn

  1. Promoção de conteúdos na página da sua instituição de ensino;
  2. Publicações de postagens em grupos de discussão;
  3. Investimento em conteúdos através de anúncios.

Para saber mais detalhes de como estruturar ações efetivas de captação de alunos nas redes sociais que sejam realmente infalíveis, confira o nosso blog post:

CTA: Captação de alunos redes sociais - Rubeus

  • Crie (e mantenha) um bom relacionamento 

Muitos potenciais alunos sentem um certo distanciamento da instituição que estão querendo estudar. Este é um grande motivo para que sua instituição comece (hoje mesmo) a investir em um bom relacionamento com eles.  

Entretanto, como fazer isso? Gerando confiança e ficando cada vez mais próximo de suas personas, mediante ações estratégicas de captação de alunos é uma das melhores respostas para esta questão.

Para fazer isso, na prática, você deve  investir na utilização de e-mails marketing criativos e mais pessoais por intermédio de eficientes fluxos de nutriçãoAssim, a sensação de distanciamento desaparecerá e isso será perceptível no comportamento de seus leads. Por isso, conheça o processo de Inbound Marketing Educacional, clicando aqui.

Esse e-mails devem ser capazes de captar a atenção do seu prospect, bem como mantê-lo engajado para que assim seja possível levá-lo a dar o próximo passo. A dica aqui é praticar a personalização. Assim, será possível direcionar uma abordagem mais humana e empática ao seu lead.

Quer saber mais sobre e-mail marketing e como ele pode ajudar a sua instituição a captar mais alunos? Confira o novo blog post que preparamos para você.

E-mail-marketing para instituições de ensino - Rubeus

  • Estruture um (bom) planejamento

É do conhecimento geral que qualquer negócio deve possuir um planejamento formal estabelecido, contendo as metas e objetivos de curto e longo prazo, não é mesmo? 

De forma semelhante, isso também deve acontecer nas instituições de ensino. Mas, infelizmente, muitas delas, ainda não tomam esse cuidado, situação que afeta, diretamente, os resultados obtidos. Por isso: planeje! 

Desse modo, uma boa prática a ser realizada por sua IE é, no final de todo ano, preparar um calendário, mapeando todas as campanhas que acontecerão durante o ano seguinte. Assim, será possível não somente realizar uma divulgação assertiva como também garantir um melhor planejamento e a adoção de melhores estratégias, pois haverá tempo para realizar um acompanhamento prévio. 

Lembre-se: realizar ações com antecedência permite a alocação mais eficiente dos recursos e, consequentemente, viabiliza uma redução nos custos incorridos.

O planejamento estratégico para IEs é fundamental para garantir uma boa gestão e, consequentemente, aumentar as chances de potencializar seus resultados. Ficou interessado e quer saber mais detalhes? Baixe agora o nosso e-book e verifique, na íntegra, todas as nossas dicas. Além disso, disponibilizamos também 2 modelos prontos para você se inspirar, confira.

CTA - Planejamento estratégico - Rubeus

  • Tenha uma equipe bem estruturada 

Ninguém gosta de ser mal atendido, isso é fato! Por isso, é cada vez mais importante que sua instituição de ensino saiba estruturar uma equipe preparada para prestar um atendimento único e de excelência aos seus potenciais alunos, desde o estágio inicial até à possível efetivação da matrícula. 

Além disso, é indispensável investir em um time eficiente e bem qualificado de docentes, assim como seu corpo técnico administrativo. Tendo em vista que o professor é uma peça chave no processo de ensino-aprendizagem e que o corpo técnico é essencial para todos os serviços extra classe. 

Em suma, os professores devem ser vistos como elos estratégicos entre os alunos e a coordenação da sua IE. Então, por que não colocá-los em contato direto com os potenciais alunos durante o processo de captação? 

Imagine um Call To Action (CTA) “Fale com o coordenador” em seu website. Ao clicar neste botão, o potencial aluno é direcionado ao celular do coordenador ou para o e-mail dele, podendo conversar com seu futuro coordenador e tirar suas dúvidas e receios inerentes a determinado curso. Isso não seria uma experiência incrível para um lead indeciso?

Ademais, é importante estimular seu time de docentes aperfeiçoar-se constantemente através de incentivos à capacitação, diálogo aberto, acompanhamento da equipe, ambiente favorável a práticas docentes inovadoras, autonomia para os professores e planos de salário e carreira, por exemplo.

Quer saber como estruturar um time de Captação que apresente resultados concretos? Te contamos os segredos de como fazer isso em nosso blog post Setor de Captação de Alunos: 6 dicas eficientes para estruturar o da sua IE. Para acessá-lo clique AQUI

  • Invista em Marketing Multicanal

É fundamental que sua instituição entenda que os potenciais alunos podem ser encontrados em diferentes lugares, ou seja, tanto no meio on-line quanto no off-line. Isso porque eles consomem mídia digital, impressa, áudio e televisiva, leem seu e-mail e navegam nas mídias sociais. Mas também podem ser receptivos para ações mais diretas como ligações frias, por exemplo. 

Por essa e outras razões, sua IE precisa estar aberta para conhecer suas personas e ir até onde elas estão. Para isso, é preciso comercializar em todas essas plataformas, é neste contexto que surge o Marketing Multicanal. 

Em suma, o Marketing Multicanal é a combinação de diferentes canais promocionais e de distribuição. Assim, sua IE possui diversas opções para potencialização da captação de alunos.

Percebeu? Ao optar pela utilização do Marketing Multicanal, sua instituição poderá utilizar o Funil de Captação em Y, assim, será possível realizar um monitoramento realmente efetivo. 

  • Aposte em um eficiente gerenciamento do processo de captação de alunos

Utilizar a tecnologia a favor da sua instituição a fim de obter um eficiente processo de captação, além de ser uma necessidade, é também uma forma de otimizar tempo e recursos financeiros. 

Por isso, através de uma eficiente Plataforma de Captação de Alunos é possível facilitar, integrar e proporcionar rapidez à prática de captar alunos das instituições. Isso é possível através de funcionalidades específicas ao contexto educacional.

Sua instituição ainda não possui uma plataforma com este objetivo? Conheça a Plataforma Rubeus e, algumas das suas funções: 

  • Visualizar em qual etapa da Jornada de Compra o seu lead está;
  • Enviar e-mails personalizados;
  • Construir eficientes fluxos de nutrição;
  • Visualizar o ponto que mais gera perdas;
  • Criar uma forma própria de captação;
  • Gerenciar a equipe para que cada integrante saiba exatamente o que deve fazer em cada etapa, dentre outros.

Percebeu como uma Plataforma de Gestão de Relacionamento com o Aluno, como a da Rubeus, pode trazer  benefícios enormes e estratégicos para a sua instituição? Por isso, não perca mais tempo, agende uma demonstração gratuita agora mesmo e conheça mais sobre a nossa plataforma!

Agende uma demonstração - Rubeus

11. Bônus: Kit Captação de alunos na prática 

Uma coisa é certa: você quer captar o maior número de alunos, não é mesmo?

Sabemos que mapear ações para captação requer tempo e esforço. Pensando nisso, resolvemos reunir, em um combo de conteúdo, as nossas melhores dicas e conteúdos para você.

O Kit Captação de alunos na prática da Rubeus te dá acesso às seguintes informações:

  • Qual a melhor forma de se estruturar e-mails marketing poderosos para atrair alunos;
  • Como investir de maneira eficaz em Marketing e Vendas;
  • Dicas para converter mais alunos através de um Script Avançado de Vendas;
  • Como mapear ações estratégicas (e práticas) para preparar candidatos para o seu processo seletivo;
  • E muito mais!

Para solicitá-lo, basta clicar na imagem abaixo e já te enviaremos o conteúdo. Não perca tempo

Kit Captação na prática - Rubeus

12. De olho na gestão da permanência

Já deu pra perceber que estruturar um eficiente processo de captação é fundamental para a sua IE, não é mesmo? 

Mas, a captação não deve ser a sua única prioridade. Infelizmente, a grande parte das instituições estão e são (comercialmente) focadas apenas na captação de alunos. Isso acaba fazendo com que deixem o investimento na Gestão da Permanência para segundo plano. 

Por consequência, pela porta da frente entram os novos alunos e pelas dos fundos saem os “antigos”. Mas afinal, como evitar que isso ocorra? Através de processos eficientes voltados para a permanência desses alunos em sua IE.

“O primeiro passo é identificar os indicadores de evasão atuais da sua instituição de ensino. Isso quer dizer que, antes de tudo, é necessário conhecer os seus números de evasão. Ou seja, pondere sobre: quantos dos seus alunos abandonam a sua instituição durante um ano? 

Fazendo isso, você consegue mensurar o tamanho do problema e, assim, definir formas melhores e mais assertivas de atuação. 

Para desenhar esse processo, utilizamos como base os 5 indicadores preventivos na gestão da permanência: inadimplência, frequência, desempenho acadêmico, satisfação e comportamento.”

Para conferir, na íntegra, o nosso blog post sobre Gestão da Permanência de alunos, você pode clicar AQUI

13. Conclusão

Como vimos, a captação de alunos é uma prática fundamental para as instituições. Além disso, ela está diretamente relacionada ao desempenho obtido. 

Por isso, colocar em prática estratégias e ações inteligentes no processo de captação de alunos é cada vez mais necessário. Uma boa dica é investir no Marketing de Conteúdo aliado ao Inbound Marketing. Assim, será possível criar e nutrir os seus potenciais alunos através de conteúdos relevantes, bem segmentados e de qualidade.

Conceitos como o de Jornada de Compra Educacional e Funil de Captação de Alunos também devem ser observados e colocados em prática no dia a dia das instituições de ensino. Por fim, é importante que sua instituição conte com uma plataforma para educação a fim de gerenciar, de forma eficiente, todo o processo de captação de alunos. 

Agora, quero saber de você: como sua IE tem trabalhado a captação de novos alunos? Conte-nos sua experiência.

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.