Através de ações poderosas, sua instituição de ensino pode se transformar em um verdadeiro “ímã” de leads, aumentando, significativamente, os índices de captação de alunos. Para tornar isso real, sua IE precisa identificar sinais que mostram o quão efetiva tem sido sua estratégia de atração de leads. Não sabe como fazer isso? Então este blog post é para você!

Tempo estimado de leitura: de 10 a 12 minutos 

Neste blog post você irá conhecer estratégias eficientes para investir na atração de leads. Mas não é só isso! Preparamos também um infográfico com 10 dicas poderosas para você começar hoje mesmo a potencializar a conversão de leads da sua instituição!

Confira o que você vai ver:

1. Panorama inicial

Você já se sentiu atraído(a) por algum produto, com muita vontade de comprá-lo sem realmente necessitar?

Isso é mais comum de acontecer do que podemos imaginar! 

Mas você sabia que essa é uma poderosa estratégia utilizada para incentivar a efetivação de uma compra? Empresas, dos mais diversos ramos de atuação, utilizam essa “arma” para tornar latente o desejo de compra dos seus prospects e, assim, obterem melhores resultados.

Não é novidade que conquistar mais clientes é um desafio constante para as empresas. Questões como a alta competitividade, concorrência e a constante mudança na forma de consumir serviços e produtos tornam esse desafio ainda maior. 

No cenário educacional, não é diferente! Para aumentar o número de matrículas, as instituições de ensino precisam elevar o número de leads que atraem. Por isso, é importante considerar, figurativamente, a atração de leads como uma chave que abre a porta da captação de alunos da sua instituição. Isso porque, antes de captar e reter, é preciso atraí-los.

Basicamente, uma IE que não desenvolve continuamente ações eficazes para atração de leads, provavelmente terá problemas em sua captação de alunos. Isso, por sua vez, impactará diretamente no desempenho de toda instituição de ensino. 

Para te ajudar, nós mergulhamos a fundo no mundo da atração de leads e preparamos este material para sua instituição captar mais e melhor. Porém, antes, nós precisamos relembrar alguns conceitos… 

1.1 O que é um lead?

Já que o nosso assunto de hoje é a atração de leads, o primeiro passo é entender, corretamente, o que seria um lead. 

No Marketing Digital, o conceito de lead refere-se a um potencial consumidor de uma determinada marca que demonstrou algum tipo de interesse em seu produto ou serviço. 

Quando nos voltamos para o cenário educacional, um lead é a pessoa que demonstrou interesse em um dos cursos da sua instituição. Por isso,  ele pode ser considerado um potencial aluno.

Mas como assim “demonstrou interesse”? 

Quando dizemos que um lead demonstrou interesse, estamos nos referindo a realização de ações importantes por parte do potencial aluno em direção a sua IE. Preenchimento de dados em um formulário para recebimento de um material ou ainda uma solicitação de newsletter, são alguns exemplos.

E como devo monitorar esse interesse?

Por meio da Jornada de Compra Educacional é possível que sua instituição realize o acompanhamento das etapas percorridas pelo potencial aluno em direção à efetivação da compra. De forma resumida, com a Jornada de Compra, você consegue visualizar a “evolução” do potencial aluno até a fase final: a matrícula.

1.2 Mas por que devo investir na atração de leads?

É fundamental compreender a importância de chamar a atenção de potenciais alunos, atraindo-os para a sua instituição. 

Isso porque, a partir do momento em que você estabelece uma relação de confiança, se torna muito mais fácil nutri-lo, bem como posicionar sua instituição estrategicamente na mente do prospect

De forma simples, ao atrair leads, você estará dando o primeiro passo para a sua conversão, pois estará mostrando a ele que sua IE realmente tem o que ele precisa. 

1.3 Leads X Visitantes 

Embora frequentemente estes conceitos sejam utilizados como sinônimos, são idéias distintas que precisam ser compreendidas e estarem alinhadas com as estratégias de captação da sua instituição. 

Para que você compreenda bem a ideia de cada um desses conceitos e saiba diferenciá-los, veja um exemplo na prática:

Paulo realizou uma busca por informações sobre o curso de Administração. Em uma de suas pesquisas acessou o blog da sua instituição de ensino. Após ler as informações que desejava, ele saiu da página.

Agora, considere esta outra situação:

Paulo, interessado no curso de Administração, entrou no blog da sua IE. Uma vez lá, ele informou o seu e-mail para baixar o e-book “Tudo o que você precisa saber sobre a Administração”. Depois de realizar a leitura do material, ele saiu da página.

Diante disso, eu quero saber de você: qual a diferença entre as duas situações descritas? É a conduta de Paulo.

Na primeira situação, ele se caracteriza como um visitante do blog da sua instituição, pois realizou apenas uma visita rápida e, após tirar suas dúvidas, foi “embora”. Já no segundo exemplo, o Paulo pode ser considerado um lead, já que demonstrou, efetivamente, interesse por sua IE.

Para tornar o entendimento mais claro, veja como os conceitos de visitante e lead são classificados no Funil de Captação de Alunos:

Funil de Captação de Alunos - Rubeus

Resumidamente, a etapa de visitante é composta por aquelas pessoas que acessam o site institucional ou o blog das instituições de ensino, mas ainda não realizaram nenhuma ação como o preenchimento de um formulário em uma landing page, por exemplo. Por isso, nessa fase, você não encontra o potencial aluno, você é encontrado por ele.

Já a fase denominada lead, diz respeito aos leads que, de alguma forma, demonstraram interesse em sua IE, cadastrando informações pessoais em troca de algum tipo de material ou conteúdo relevante, na maioria das vezes uma isca digital.

Não sabe o que é uma isca digital e como sua instituição de ensino pode explorá-la ao máximo para captar mais leads? Temos um blog post para você, acesse-o aqui!

1.4 Nutrição do lead: o que é e como fazer?

Nutrição de leads é um termo muito utilizado na área de Marketing para referir-se a ações realizadas com o objetivo de construir e manter relacionamento com potenciais alunos de forma a torná-los “maduros” para a efetivação da compra. 

De maneira simples, a nutrição de leads permite que sua instituição transmita credibilidade ao potencial aluno, conquistando sua confiança. 

Você sabe como fazer com que o potencial aluno confie em sua instituição? Se não, confira, agora mesmo, 8 fontes de confiança que vão te ajudar, clicando aqui!

Você sabia?

A automação de processos pode facilitar o seu trabalho na hora de nutrir seus leads. Logo, a utilização de um CRM para educação torna-se um grande aliado para te auxiliar nessa tarefa. 

Através da Plataforma Rubeus, por exemplo, você consegue, dentre muitas outras funcionalidades, automatizar toda régua de relacionamento da sua instituição de ensino, diminuindo a probabilidade de acontecer algum erro, otimizando o trabalho diário da sua equipe e aumentando as chances de conversão do seu lead.

Conheça o CRM Educacional ideal para sua instituição de ensino - Rubeus

2. Sinais de que sua instituição precisa investir em atração de leads agora mesmo

Como você já deve ter percebido, a atração de leads é fundamental para o sucesso da sua instituição. Por esse motivo, é indispensável que você, enquanto gestor, se atente a alguns sinais que podem indicar que suas estratégias de atração precisam ser melhoradas o quanto antes. 

Assim, seus resultados podem ser otimizados o mais rápido possível e o seu cenário revertido sem maiores prejuízos a longo prazo. Por isso, separamos 4 indicadores para te ajudar neste desafio, veja:

Estratégia de Marketing inexistente ou falha 

As estratégias de marketing são essenciais para potencializar seus resultados de captação. Através delas é possível colocar em prática ações realmente eficientes como a criação de conteúdos relevantes e valiosos, por exemplo. 

Contudo, independentemente da metodologia utilizada pela sua instituição – Inbound ou Outbound Marketing, sua IE deve entender a importância de uma estratégia de marketing e como, conjuntamente com o setor de vendas, intensifica as chances de efetivação da matrícula, através do Smarketing Educacional.

Mas e quando minha instituição já possui uma estratégia de marketing, no entanto ela não apresenta bons resultados? 

Normalmente, quando isso acontece, é um sinal de que sua estratégia de marketing é falha. Nesses casos, as chances de “repelir” os leads, ao invés de atraí-los, são muito elevadas, pois suas ações podem estar em desacordo com o que é oferecido pela sua instituição, aumentando, assim, a probabilidade dos potenciais alunos não agregarem valor ao serviço oferecido.

Por essa razão é tão importante realizar uma análise periódica das ações estratégias utilizadas. Somente desta forma será possível realizar um diagnóstico do quão efetivas estão sendo.

Sabemos que realizar uma análise institucional pode ser uma tarefa desafiadora, por isso queremos te ajudar disponibilizando, gratuitamente, um diagnóstico da sua instituição de ensino. Para solicitá-lo, basta clicar aqui!

Pouco engajamento

A falta de engajamento é, sem dúvidas, um grande desafio para as instituições de ensino. Dentre outros pontos importantes, ela indica um problema que pode impactar em sua estratégia de atração de leads. 

Esse “pouco engajamento” pode ser percebido de diferentes formas, seja através de canais digitais, como blogs e redes sociais, ou em ações rotineiras do dia a dia das instituições.

Veja alguns exemplos de pontos em que ele pode ser visualizado: 

  • Baixa taxa de abertura e cliques nos e-mails marketing enviados pela sua instituição;
  • Poucas solicitações de newsletter;
  • Poucas visitas no blog;
  • Baixo tráfego orgânico;
  • Alta taxa de rejeição;
  • Baixo ranqueamento de conteúdos produzidos, dentre outros.
Mas quais as possíveis razões para o baixo nível de engajamento?

Um dos motivos pode estar relacionado a estratégia de posicionamento adotada pela sua instituição. Como assim? Basicamente, sua IE pode estar se comunicando com as pessoas erradas. Ou seja, se comunicando com pessoas que não estão interessadas no serviço oferecido.

Neste sentido, para obter sucesso, é preciso conhecer, de forma efetiva, as suas personas. Somente desta forma será possível verificar quais as melhores técnicas e práticas a serem adotadas. Uma vez identificado que a falta de engajamento está sendo gerada pela comunicação errônea, é importante alinhar suas estratégias e começar do zero. 

Caso você verifique que suas estratégias devem ser repensadas, uma dica valiosa é criar  um bom planejamento estratégico para IEs. A partir dele será possível traçar ações eficazes e, assim, direcionar a atuação da sua instituição.

Falta ou inutilização de ferramentas que identifiquem e monitorem o comportamento dos leads

O monitoramento é primordial para que o lead amadureça a sua decisão de compra. Basicamente, quando você realiza esse acompanhamento, é possível identificar o momento em que ele está mais propício a compra, pois você estará o preparando para isso. 

Portanto, utilizar ferramentas de monitoramento que permitem a sua equipe realizar o acompanhamento dos leads é uma estratégia fundamental para a “evolução” deles ao longo da jornada de compra.

Ao realizar esse follow-up é importante que sua instituição utilize o Funil de Captação de Alunos, de forma a visualizar as etapas de maturidade em que o potencial aluno está. 

Além disso, será capaz de visualizar e classificar o seu estágio dentro da jornada, verificando se ele está no momento de descoberta e aprendizado, reconhecimento do problema, consideração da solução ou conclusão da compra e, com isso, saber as melhores práticas de nutrição.

Blog post Follow up na conversão de alunos - Rubeus

Baixo investimento em posicionamento da marca

A marca da sua instituição precisa anteceder a sua atuação. Isso significa que é preciso gerir, de forma eficiente, a maneira como sua IE é vista pelo público em geral, principalmente pelas suas personas.

Assim, o posicionamento de uma marca na mente dos consumidores pode ser entendido como “o quanto sua marca é lembrada”. Aquelas que realizam um trabalho eficiente conquistam um lugar estratégico na mente dos consumidores. 

Além disso, quando uma marca ocupa espaço estratégico na mente do consumidor, torna-se muito mais fácil vender e fidelizá-lo. Isso porque você deixou uma “impressão” no potencial aluno.

Quer um exemplo de um posicionamento realmente efetivo?

Pense rápido: uma marca de refrigerante?

É bem provável que, diante desta pergunta, a grande maioria das pessoas respondam Coca-Cola. Mas por que isso acontece? Por causa do posicionamento que essa marca adota, investindo na disseminação forte da sua marca. A Coca-Cola trabalha de forma tão efetiva seu nome que torna-se “normal” pensar inconscientemente nela nesse contexto.

Logo, podemos concluir que, quando sua instituição não investe em posicionamento da marca na mente dos prospects, a atração torna-se muito mais difícil de acontecer. Desse modo, a dica é: não tenha receio na hora de investir em uma boa gestão da sua marca. 

Quer aprender a fazer isso, na prática? Conheça o Branding Educacional, ele te auxilia na construção da identidade da sua marca. Além disso, ao compor suas estratégias de marketing, pode potencializar seus resultados.

Infográfico com 10 dicas poderosas

Aumente sua atração de alunos através de ações estratégicas

Agora que vimos como identificar sinais de que sua IE precisa investir em atração de leads, que tal vermos algumas dicas de como atrair, na prática, mais alunos? 

Infográfico - 10 dias poderosas para atração de leads - RubeusPara que nada te atrapalhe, nós separamos 6 materiais para te auxiliar a colocar as dicas acima em prática, veja:

11 EXEMPLOS DE PERSONAS PARA IES: SAIBA COMO CONSTRUIR AS SUAS;

GUIA COMPLETO: GESTÃO DA PERMANÊNCIA PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO

MARKETING DIGITAL PARA EDUCAÇÃO: AUMENTE SEU ALCANCE E MATRICULE MAIS

MARKETING DE CONTEÚDO EDUCACIONAL: CONTEÚDO PARA CONVERSÃO DE ALUNOS

BLOG PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO: CONHEÇA 4 MOTIVOS PARA VOCÊ CRIAR UM

CAMPANHA DE MATRÍCULA: COMO POTENCIALIZAR SUA CONVERSÃO DE ALUNOS

Conclusão

A atração de leads é essencial para sua instituição de ensino alcançar melhores níveis de captação de alunos. Isso porque a etapa de atração antecede a de captação e, por isso, deve ser trabalhada de forma eficiente. Quanto maior o número de leads atraídos, maior será o número de inscritos em sua instituição.

Nesse contexto, alguns importantes sinais devem ser analisados para avaliar sobre o quão eficaz está sendo seu processo de atração de leads. Contudo, mais do que analisar, é preciso traçar ações estratégicas para melhorá-lo. 

Por fim, lembre-se: atrair é tão importante quanto gerir a permanência. Portanto, não fique parado e comece hoje mesmo a colocar em prática as dicas deste blog post! 

Este conteúdo serviu para te inspirar? Que tal compartilhá-lo com alguém? Além disso, aproveite para nos contar a sua experiência sobre esse assunto! 
Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.