O contexto atual ressignificou a forma de ensinar e de aprender. Por isso, elencamos, neste conteúdo, algumas das melhores estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia. Seguindo-as e adaptando-as, você terá mais sucesso em seus resultados. Confira o conteúdo e deixe nos comentários se você já utiliza alguma no seu dia a dia!

Introdução

A pandemia de covid-19 mudou profundamente a dinâmica do aprender e do ensinar, impacto sentido principalmente pelas escolas. Com tudo isso, elas tiveram pouco tempo para migrar todo o processo de ensino para o ambiente virtual. 

Pensando na experiência vivenciada desde o momento, já é possível estudar sobre a otimização do processo a fim de estruturar ações eficazes, bem como trabalhar para melhorar as que já estão sendo colocadas em prática. 

ilustração

Além disso, devemos considerar que o contexto atual atípico em que se encontra o mundo, obrigou os profissionais da educação a pensarem em estratégias. Essas, por sua vez, devem buscar garantir que os alunos tenham o mesmo nível de envolvimento que tinham nas aulas presenciais.

Tendo tudo isso em mente, é necessário visualizar oportunidades de ação perante o contexto atual. Diante disso, queremos ajudar você revelando algumas estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia

Tais estratégias vão desde a importância da prática do Marketing de Conteúdo na rotina escolar e acadêmica, por meio das ferramentas que a internet disponibiliza, até a adoção de mídias pagas com o intuito de atrair mais pais e responsáveis e, por consequência, fechar mais matrículas.  

Então, pegue um café e boa leitura!

6 estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia

Chegou a hora de conhecer as melhores estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia! 

1. Invista em um bom site 

Na pandemia, os pais ou responsáveis dos alunos perderam a  possibilidade de irem pessoalmente até a escola. Ou seja, atualmente, não há a oportunidade de conversar com a equipe pedagógica, professores e diretores.

Dessa forma, eles perderam também a possibilidade de conhecer mais o propósito e a metodologia de ensino da sua instituição. Por isso, agora mais do que nunca, é importante que toda IE tenha um site atraente. Além disso, ele precisa ser atualizado e contar com discursos de condução e/ou gatilhos mentais que ajudem na conversãoIsso vai garantir que pais e alunos saibam para onde recorrer quando precisarem de informações, como aulas extras, reuniões de pais on-line, comunicados, entre outros. 

Ilustração

É bom lembrar que o site serve também como um cartão de visitas. Portanto, ele deve estar sempre otimizado, pensando na melhor experiência de Jornada de Compra de um potencial cliente. 

Para isso, alinhe toda a comunicação e abordagem às personas da sua escola. Assim, elas se sentirão “acolhidas” desde o primeiro momento que adentrarem em seu website. Isso resultará em sua satisfação e contribuirá pata a decisão de compra. 

Quer saber mais sobre como estruturar um site educacional voltado para a conversão de visitante? Clique na imagem abaixo e reserve o material para a sua próxima leitura! 😉

Como criar um site educacional: 5 dicas primordiais para fazer isso bem feito - Rubeus

2. Esteja presente e seja relevante nas redes sociais

As redes sociais são a maneira mais imediata de se comunicar com as pessoas na internet. Até mesmo por meio de postagens menos formais.

Por exemplo, ao fazer a divulgação de uma palestra sobre os cuidados que os pais devem ter com os seus filhos durante a pandemia, sua escola pode postar uma imagem em formato de carrossel. Pode-se destacar informações relevantes como: os professores que a ministrarão e alguns pontos que serão abordados na conversa. Isso dará popularidade tanto para a instituição que está promovendo o evento quanto para os profissionais da educação que estarão à frente dele.

Ilustração

Justamente por proporcionar essa proximidade é que as mídias sociais deve ser considerada como uma das grandes estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia. Isso acontece porque tratam-se de canais possíveis de veicular conteúdos relevantes e atraentes para o seu público. 

No entanto, um ponto que merece atenção é a importância de conseguir uma constância de postagens nestas redes. O que já é muito destacado por profissionais de marketing. Logo, através de um bom planejamento elas serão realmente efetivas em seus propósitos.

Outra vantagem das redes sociais é o atendimento facilitado, já que elas possuem canais de contato direto. Tais como o Messenger no Facebook e o Direct no Instagram.

3. Tours virtuais

Continuando com nossas estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia, vamos conhecer a terceira agora!

A pandemia mudou todo o processo na educação e, na maioria das vezes, visitar presencialmente a escola era um fator chave para a conversão dos pais e responsáveis. Mas como proporcionar essa experiência, sem perda de qualidade, em um ambiente virtual? A resposta está nos tours virtuais.

Esse recurso tem ganhado muito destaque ultimamente. Isso acontece porque ele oferece muitas vantagens no contexto atual. Algumas delas são:

  • possibilidade de um passeio virtual a qualquer hora;
  • sem precisar sair da segurança do lar;
  • possibilidade de visualizar por dispositivos diversos.

Ele pode ser uma aba específica no site com fotos em alta definição de todas as salas e acomodações do local. Mas se preferir, você pode investir em um vídeo com um dos seus colaboradores apresentando toda a instituição e dando informações importantes. 

Fazendo isso, as chances de conquistar novos clientes aumentam, uma vez que você se aproxima mais dos pais e responsáveis interessados em matricular seus filhos em sua IE. 

4. Anúncios virtuais

Outro recurso que tem valido os investimentos são os anúncios virtuais, que ganharam maior poder de ação nesse período. Visto que a possibilidade de estudar em casa fez as pesquisas na internet dispararem. 

Sendo assim, para que sua escola tire o máximo proveito disso, é muito indicado usar plataformas de mídias pagas, como o Facebook Ads, Google Ads e Twitter Ads.

No entanto, não basta apenas pagar o anúncio sem traçar um bom plano de ação. Por exemplo, você não terá resultados satisfatórios se não segmentar corretamente quem são as pessoas que você deseja alcançar e direcionar seus anúncios para elas. 

Para tanto, pesquise informações sobre os seus clientes, faça um bom levantamento de dados e a partir daí defina o seu público-alvo. Feito isso, pense em especificar ainda mais as características dele, levando em consideração a sua persona. 

Ilustração

Outra dica valiosa para essa estratégia é pesquisar as palavras-chave mais populares da sua área. Ou seja, as palavras que são mais buscadas pelas pessoas que se interessam pelo seu serviço.

Por meio dessas definições, direcionar a abordagem das suas campanhas de modo mais assertivo fica mais fácil. Essas são algumas formas de garantir a atração de mais clientes e conhecer melhor o que eles procuram quando entram em contato com você. 

5. Conteúdos ricos

Além das ações já citadas aqui, uma das mais importantes e decisivas estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia é o  Inbound Marketing.

O principal objetivo dessa prática é entregar bons conteúdos, por meio de e-books, webinars, planilhas, entre outros, para atrair, nutrir e conduzir mais alunos para a sua escola. 

Essa ação serve como um complemento do site e das redes sociais da instituição. Mas é importante frisar que trata-se de um processo longo. Isso porque estamos falando da condução de toda a jornada de compra.  Por isso, todos os conteúdos devem ser bem pensados e planejados a fim de levar os interessados do topo do funil até o fundo. 

6. Momento “tira-dúvidas”

As salas de aula estão vazias, porém os alunos continuam estudando e, consequentemente, tendo dúvidas. O que acontece é que muitas vezes tais dúvidas não podem ser sanadas por seus responsáveis. Portanto, os professores, como o único recurso dessas crianças, precisam estar muito atentos às necessidades e particularidades de cada aluno.

Logo, uma estratégia essencial é manter o seu corpo docente disponível para sanar todas as dúvidas e questionamentos. Dessa forma, você irá garantir a melhor experiência possível no processo de aprendizagem educacional.

Além de disponibilizar horários da agenda dos seus professores, busque usar as redes sociais a seu favor nesse momento. Como? Divulgando essa ação e atraindo o engajamento dos pais e responsáveis pelo Direct.

Ações como essas mostram para os alunos e principalmente seus pais que sua escola realmente se preocupa com o aprendizado e assimilação do conhecimento dos estudantes. 

Conclusão

A pandemia mudou muitas coisas. Dentre elas, está a forma como nos relacionamos com o mundo e com as pessoas. Diante disso, a educação não passaria incólume. E, apesar do presente e do futuro serem tão incertos, ela segue sendo um instrumento fundamental de mudança e crescimento para a sociedade. 

Logo, adotar estratégias de Marketing Educacional para escolas na pandemia passou a ser cada vez mais necessário. A rotina educacional é outra, totalmente diferente e disruptiva. Por isso, diversificar e potencializar o uso de boas ações no dia a dia da sua escola está diretamente relacionado ao desempenho que você obterá no final de uma campanha de captação.  

Pensando nisso, abordamos 6 dessas estratégias que podem auxiliar você nesse novo cenário. Conta para a gente: quais dessas estratégias você já trabalhou ou pensou em trabalhar em sua instituição?

Conteúdo produzido pela equipe do Ideal Marketing