Diante do cenário alarmante causado pela pandemia, as instituições de ensino sentiram os impactos do Coronavírus na educação e o home office fez-se necessário. Neste blog post, separamos informações importantes para você, profissional da educação, minimizar os impactos causados por esse vírus no seu dia a dia. Confira!

Tempo estimado de leitura: 7 a 10 minutos.

Panorama inicial 

O vírus identificado na China, levou a humanidade a um dos momentos mais críticos de sua história. Afetando diversos países pelo mundo, o novo Coronavírus já matou diversas pessoas e deixou milhares sob suspeita. 

Frente a este cenário tão assustador, os impactos foram sentidos em todos os segmentos do comércio de produtos e prestação de serviços e, dentre eles, está a educação.

Com aulas suspensas e seus colaboradores em casa, é urgente a necessidade de criação, pelas instituições de ensino, de maneiras eficientes para amenizar os impactos causados pela Covid-19. Um deles é orientar as equipes para estruturar um eficiente home office. 

Apesar dessa forma de trabalho ser pouco comum ainda no país, com a globalização e o avanço da internet, o home office está cada vez mais inserido no contexto profissional. De acordo com números disponibilizados pelo IBGE referentes a 2018 (divulgados no fim de 2019), cerca de 3,8 milhões de brasileiros trabalham no formato home office.

Em resumo, o termo é uma expressão em inglês usada para representar “um espaço destinado ao trabalho dentro de casa”, como um escritório, por exemplo. No Brasil, a expressão ganhou visibilidade como sinônimo de se trabalhar em casa. 

Há ainda a expressão “trabalho remoto” também utilizada muitas vezes para referir-se ao trabalho em outro ambiente que não seja o comumente utilizado.

Vantagens do home office

Em contraste com o que muitos pensam, o home office não é sinônimo de procrastinação. Quando bem planejado e estruturado, ele pode servir como um fator positivo de motivação e inspiração. Além de dar um “up” na produtividade das equipes.

Para que você consiga visualizar como esse formato de trabalho pode ser positivo para a sua IE, reunimos algumas vantagens, veja:

  • A sua equipe se sente mais independente

Infelizmente, em muitos ambientes de trabalho há ainda aquele velho sentimento de dependência. Quando você coloca em prática o home office, sua equipe é estimulada a independência, uma vez que terá de desenvolver aptidões como autonomia e proatividade.

  • Economia

A economia também é um dos fatores envolvidos. Uma vez que seus funcionários trabalharão de casa, gastos como transporte, luz, e água serão reduzidos.

  • Flexibilidade = inspiração e motivação

A flexibilidade é um dos principais benefícios oferecidos pelo home office. 

Por contar com horários flexíveis de trabalho, esse formato é muito procurado pelos profissionais. Além disso, quando seus funcionários sentem-se mais à vontade e independentes, a tendência é que a inspiração e satisfação aumentem, o que impacta diretamente na produtividade.

Mas não são apenas esses benefícios, veja outros:

  • Vantagens fiscais;
  • Otimização das atividades;
  • Maior produtividade devido a redução de interrupções no trabalho;
  • Leis trabalhistas bem estruturadas;
  • Maior agilidade na contratação;
  • Escalabilidade;
  • Diversidade.

Dicas para um home office eficiente

  • Converse com o seu time

O home office pode ser um pouco difícil para colaboradores que possuem certa dificuldade de concentração, como é o caso de pessoas muito criativas. Por isso, é essencial que você, gestor, deixe bem claro as diretrizes para a sua equipe. 

Nesse momento, esclareça o que você espera de cada funcionário e faça com que eles entendam que não estão de férias (como, erroneamente, esse formato de trabalho representa para muitas pessoas).

  • Dê feedbacks

É fundamental que os gestores e responsáveis pelas equipes realizem um trabalho consistente de acompanhamento. Ao estar perto das equipes é mais fácil “visualizar” o comportamento de cada um, bem como a forma como estão se adaptando. 

Neste momento, esses feedbacks passam ser ainda mais importante, uma vez que alguns dos colaboradores podem ter mais necessidade de orientação. Por isso, não perca o seu time de vista!

>>> Se acaso você desejar apresentar essas dicas para a sua equipe, nós colocamos algumas em formato de infográfico, veja:

Infográfico: Dicas para um home office eficiente - Rubeus

Em nosso perfil no Instagram também disponibilizamos outras dicas, dá uma conferida e aproveite para salvar a publicação, assim, você poderá consultá-la sempre que precisar.

Home Office de qualidade - @canalrubeus

Ferramentas capazes de tornar o seu home office muito produtivo

As ferramentas e aplicativos digitais são fundamentais para integrar e facilitar a entrega dos resultados. Quando tratamos de trabalho remoto conhecê-las e utilizá-las é indispensável. 

Para te ajudar, reunimos algumas ferramentas capazes de potencializar a sua produtividade e assim melhorar os resultados entregues por cada um dos membros da sua equipe, veja:

O Google Drive é um serviço de armazenamento e sincronização de arquivos. Através dele é possível criar documentos, planilhas, folhas de cálculo, apresentações, e muito mais.

O Keep é um serviço para anotações, disponibilizado pelo Google. O aplicativo possibilita a criação e acesso de notas, seja através do celular ou via web. Além disso, ele pode ser sincronizado com o Google Drive.

O Slack é uma ferramenta de mensagens instantâneas que abrangente funcionalidades semelhantes a um chat. É possível realizar também chamadas em vídeo, além do compartilhamento de diversos tipos de arquivos.

O Microsoft Teams é uma plataforma unificada de comunicação e colaboração. Ao utilizá-la você consegue realizar bate-papo, videoconferências, armazenamento de arquivos e integração de aplicativos no local de trabalho.

O Zoom é uma ferramenta que disponibiliza serviços de conferência remota que integra videoconferência, reuniões online, bate-papo e colaboração móvel.

O Trello é um aplicativo de gerenciamento de projeto que permite a criação e acompanhamento de tarefas em equipe. É uma ferramenta simples e intuitiva. Através dela é possível mapear as etapas de cada projeto. 

Boas práticas para amenizar os impactos do Coronavírus na educação

  • Disponibilize aulas on-line

Apesar de haver previsões, ainda não há uma data definitiva para o término dessa pandemia. Portanto, as aulas podem ficar suspensas por tempo indeterminado. Por isso, nesse momento, pondere sobre a disponibilização de aulas on-line. Desse modo, sua instituição evitará atrasos, além de trabalhar contra uma possível falta de engajamento e motivação dos alunos.

Ademais, ao optar por disponibilizar aulas on-line, é fundamental que sua instituição ofereça todo o suporte para os alunos. Por isso, a dica é criar tutoriais que expliquem questões como utilização da plataforma, metodologias e acesso à materiais, por exemplo.

  • Envolva o corpo docente

Os professores são elos muito importantes entre a sua instituição de ensino e seus alunos. Por isso, nesse momento, é preciso que eles desenvolvam um papel estratégico de apoio. Nesse sentido, conte com eles para fazer com que as aulas de vídeo sejam realmente efetivas. 

A dica é fazer com eles produzam as videoaulas e até mesmo editem. Mas, se for necessário disponibilize também uma empresa especializada. 

  • Marque encontros 

É essencial que sua instituição de ensino crie um momento estratégico de encontro e integração entre eles, bem como com os professores. Ao fazer isso, sua IE estará trabalhando a motivação, sem deixar o engajamento cair, além de diminuir o espaço que pode haver entre a sua IE e o aluno. 

Dica: você pode utilizar o Zoom para criar as salas de videoconferência. 

  • Conte com os colaboradores para novas ideias e formas de adaptação

Nesse momento, é fundamental ter em vista que nada é concreto. O cenário é de adaptação e por isso é preciso estar aberto para ideias e sugestões.

  • Dê suporte

Em síntese, você precisa estar preparado e preparar o seu corpo docente para dar suporte aos seus alunos. Por isso, marque reuniões periódicas com os seus funcionários e abra espaço para discutir questões como as implicações causadas pelo Coronavírus na educação. Assim, eles serão envolvidos e estarão preparados para agir quando necessário.

  • Fique de olho na educação infantil

Se a sua instituição é voltada para a educação infantil, é preciso que você tenha a atenção redobrada. Isso porque a educação infantil sofre impactos iguais ou ainda mais desafiadores se comparado ao ensino superior, quando o assunto é Coronavírus na educação. Assim, nesses casos, a dica é criar vídeos bem lúdicos e criar uma agenda diária para os pais. Entenda, nesse momento a parceria entre instituição de ensino e pais, é essencial.

Ao criar um conteúdo, os professores devem deixar bem claro o que deve ser feito. Como forma de avaliar o resultado, os pais podem tirar foto e mandar para os professores.

Mas não é só isso…

Em tempos de quarentena quem tem ideias criativas é destaque. Por isso, separamos algumas tendências digitais para você se inspirar e, assim, amenizar os impactos causados pelo Coronavírus na educação, veja:

>>> Agora que tal algumas dicas sobre como estruturar um “Home study” de qualidade? Confira nossas boas práticas:

Home Study - Rubeus

Conte com a gente!

Com a finalidade de reduzirmos a velocidade de proliferação do Coronavírus, nós da Rubeus já estamos trabalhando de nossas casas. Se acaso essa também seja a sua realidade, queremos te convidar a aproveitar este tempo de quarentena da forma mais produtiva possível.

Com o intuito de minimizar os impactos do Coronavírus na educação, estamos disponibilizando, em nossa página de materiais, diversos conteúdos exclusivos que são leituras essenciais para profissionais como você. Por isso, não fique de fora e aproveite.

CTA: Conheça nossa página de materiais - Rubeus

Além disso, para te ajudar a converter mais visitantes em matrículas, criamos um mapeamento que detalha toda a experiência do seu lead ao acessar o seu website. Essa oportunidade é GRATUITA e por TEMPO LIMITADO. Para solicitá-lo, clique AQUI

Se acaso você tenha alguma dúvida, entre em contato conosco e faremos o possível para ajudar a sua instituição de ensino neste momento tão difícil. Você pode clicar AQUI ou nos enviar uma mensagem pelo chat. 😉

Agora queremos saber de você: sua IE está sentindo os impactos do Coronavírus na educação? Conte-nos o que você tem feito para reverter esse cenário!

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.