O conceito de educação contínua trabalha a ideia de constante qualificação do indivíduo. Ele representa a filosofia de que sempre há algo a ser aprendido e, por isso, tem sido adotado por muitas pessoas que buscam por novas experiências profissionais e acadêmicas. Saiba mais sobre a educação para a vida toda e como sua IE pode trabalhar esse conceito para captar mais alunos!

Continue lendo este conteúdo e tenha acesso a definições, estratégias e aplicações. E mais! Saiba como a Rubeus trabalha a educação contínua.

Preparado? Então, boa leitura e bons insights!

Introdução

Para começar esse conteúdo, quero fazer a você uma pergunta! O que um médico, um técnico de segurança e um designer tem em comum? 

E aí, já sabe? Aposto que sim, mas eu vou reforçar: a necessidade de manter-se atualizado, ou seja, de aperfeiçoamento contínuo. 

O médico, por exemplo, precisa se aperfeiçoar continuamente para diagnosticar corretamente o quadro clínico do paciente. O técnico de segurança precisa manter-se atualizado quanto às leis e normas a fim de garantir o bem estar e a segurança de todos. Já o designer precisa estar atento às tendências e boas práticas artísticas para replicá-las com eficiência em suas peças.  

Percebeu? O aperfeiçoamento contínuo já é uma realidade e impacta diretamente TODOS os profissionais, independente da área e do tempo de experiência no mercado. 

A verdade é que passou-se o tempo em que uma pessoa concluía um curso técnico ou uma graduação, por exemplo, e era considerada “vitaliciamente capacitada” para exercer sua profissão. O que vemos hoje são diversas mudanças acontecendo constantemente em diferentes esferas da vida (econômica, educacional, política, científica etc.), exigindo, portanto, conhecimentos atualizados das práticas exercidas no dia a dia.

Essas mudanças alteram a perspectiva da educação que limita o aprendizado a métodos formais (ensino tradicional), migrando-o para a aquisição de conhecimentos e habilidades durante toda a vida, dando origem, assim, à educação contínua.

INSIGHTS - Rubeus

O que é a educação contínua?

Em síntese, a educação contínua consiste em um conceito que trabalha a ideia de que nunca é cedo ou tarde demais para aprender. Como o nome mesmo sugere, prega-se uma aprendizagem continuada, ou seja, que se estende por toda a vida da pessoa.

Também denominada “educação continuada”, ela pratica e incentiva a constante atualização do indivíduo em todos os âmbitos de sua vida: tanto a profissional quanto a acadêmica e, até mesmo, a pessoal. 

Infelizmente, é comum as pessoas postergarem a prática de educação contínua. Exemplo disso é o fato de buscarem novos conhecimentos principalmente quando precisa-se de algum diferencial “para ontem” no currículo. Ou seja, a verdade é que, prioritariamente, tem-se aquele velho sentimento de “correr atrás do prejuízo” como impulsionador.

A importância da educação contínua

SOB A ÓTICA DOS ALUNOS - Rubeus

Atualmente, faz parte da dinâmica organizacional e do desenho de cargo requerido por muitas empresas que o profissional possua competências específicas. Além disso, é importante também que ele saiba, pelo menos o básico, das demais funções da empresa, mesmo que não sejam diretamente responsabilidade sua. 

Isso porque as mudanças ocorrem muito rapidamente. É preciso estar preparado para recebê-las e adaptar-se, o mais rápido e da melhor forma possível, a elas. Indivíduos que buscam pela preparação profissional possuem maiores chances de crescimento. Ademais, tendem a se sentirem mais preparados para tomarem decisões e atuarem com maior segurança e produtividade em suas áreas de atuação

SOB A ÓTICA DAS IEs - Rubeus

Apesar de ser um termo relativamente novo, no Brasil, o conceito e a prática de educação contínua teve seu início entre 1970 e 1980, devido, principalmente, à necessidade de aperfeiçoamento constante de profissionais atuantes na área da saúde. 

Isso significa que essa não é uma demanda tão recente. Ou seja, há uma certa urgência de se atuar fortemente sobre esses leads que já sentem uma necessidade, muitas vezes latente, de se aperfeiçoarem.

É importante entender que o conceito de educação contínua não limita-se somente a uma ou outra profissão. Ela extrapola a seletividade de ramos de atuação. Por isso, é fundamental que as instituições de ensino trabalhem ativamente para atrair esses leads que, na maioria das vezes, estão aguardando um “incentivo a mais” para efetivarem sua qualificação. 

Rubeus

JUNTE-SE A MAIS DE 7.000 PESSOAS

Entre para a nossa lista e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

QUERO FAZER PARTE!

Benefícios da aprendizagem ao longo da vida

SOB A ÓTICA DOS ALUNOS - Rubeus

  • auxilia o profissional a se destacar no mercado de trabalho;
  • valoriza sua mão de obra dentro e fora da empresa;
  • melhora o desenvolvimento técnico e pessoal;
  • promove uma maior preparação para possíveis mudanças de cargo ou funções;
  • diminui as chances de uma eventual demissão.

SOB A ÓTICA DAS IEs - Rubeus

  • aumenta a captação ao abrir espaço para alunos em diversas “condições” e com diferentes necessidades;
  • trabalha ativamente a Gestão da Permanência ao promover o incentivo à continuidade do aluno na IE, mesmo após terminar o curso primeiramente escolhido;
  • promove um maior reconhecimento e autoridade perante o mercado;
  • possibilita o estabelecimento de parcerias com empresas que buscam a qualificação de seus funcionários.

Como aplicar a educação contínua na prática?

É primordial compreender que a educação contínua requer que a instituição de ensino enxergue o potencial ou atual aluno como uma fonte de credibilidade. Por isso, um dos segredos para promovê-la é transformá-lo em fã da instituição. Dessa forma:

1) Oferte cursos profissionalizantes

Os cursos profissionalizantes são caracterizados por possuírem uma abordagem mais específica. Ou seja, mais voltada para o mercado de trabalho. 

Diferentemente dos cursos acadêmicos, eles geralmente não exigem pré-requisitos e são direcionados para profissionais que desejam aprimorar competências úteis para a sua área de trabalho.

Isso significa que, geralmente, os cursos profissionalizantes são curtos. Além disso, eles são direcionados para aquelas pessoas que buscam se atualizar em um assunto bem específico e de forma rápida. 

👉 Leia nosso conteúdo “Captação de alunos para cursos profissionalizantes: como fazer isso na práticae saiba como potencializar seus resultados! 

2) Incentive a aprendizagem híbrida

O modelo tradicional de ensino está adaptando-se às constantes transformações ocorridas no ambiente educacional. Frente a isso, a modalidade de ensino híbrido vem ganhando força. Aliás, ela está revolucionando a forma como as IEs ofertam toda a experiência do serviço educacional.

Em síntese, o ensino híbrido é uma modalidade de ensino que une o ensino tradicional presencial, em que o processo ocorre em sala de aula, e o on-line, que utiliza as tecnologias digitais para promover o ensino. Ou seja, é um modelo híbrido de ensino por unir dois formatos diferentes.

👉 Quer saber mais sobre a modalidade de ensino híbrido? Então o nosso blog post “Modalidade de ensino híbrido: o que é e como funciona?poderá te ajudar!

3) Oferte e incentive a aquisição de cursos de pós-graduação

Esta modalidade de ensino é bem atrativa, principalmente para aqueles alunos que estão terminando ou que já terminaram o seu curso de graduação recentemente. 

A dica é mostrar os benefícios que esses cursos trazem para a carreira profissional. Ressalte também questões como notas do MEC, estrutura tecnológica, condições de pagamento, descontos, flexibilidade, qualidade do quadro de docentes, depoimentos de alunos e egressos… tudo isso será capaz de persuadir o seu lead e levá-lo à ação. 

👉 Saiba mais sobre a persuasão por meio da utilização de gatilhos mentais. Leia o nosso blog post  Como usar gatilhos mentais na educação: 7 exemplos que sua IE deveria adotar”!

4) Incentive a permanência do aluno que já compõe o seu quadro de discentes

No caso dos alunos que já fazem parte do quadro de discentes da IE, uma forma macro de fazer com que ele termine o curso superior e continue na instituição até a conclusão da pós-graduação ou do mestrado é, ao longo da graduação:

  • criar oportunidades de conectar o aluno com atividades de extensão. Elas irão, além de melhorar seu engajamento com o curso, aumentar o ticket médio da IE;
  • manter um relacionamento de excelência com ele, desde do reitor até o porteiro. Pense: ele não continuará em sua instituição de ensino se não se sentir bem tratado lá.

Nesse momento, é essencial que a instituição de ensino utilize uma plataforma que permita a disponibilidade de informações estratégicas em tempo real. O coeficiente de rendimento nas disciplinas, a fase do curso, a empregabilidade do aluno e atividades extracurriculares são alguns exemplos básicos.

👉 Engajamento de alunos: sua IE está auto sabotando os resultados? Saiba agora! 

| Material complementar

Além das dicas acima, é importante trabalhar um certo encantamento. Isso mesmo! Esse encantamento deve ser capaz de incentivar o potencial ou atual aluno a consumir os serviços disponíveis em sua IE. Mas como fazer isso? Mediante uma experiência de alto nível.

O principal objetivo é fazer com que o potencial ou atual aluno fique tão satisfeito que queira iniciar ou continuar os estudos em sua instituição por confiar na qualidade dos seus serviços.

Saiba como promover uma experiência memorável lendo nosso conteúdo abaixo:

Experiência do estudante: como criar experiências memoráveis - Rubeus

Como a Rubeus trabalha a educação contínua

A Plataforma Rubeus auxilia as instituições de ensino a melhorar os seus processos de captação e permanência de alunos. Trabalha-se a perspectiva de aumentar a receita e diminuir os custos da IE. Dessa forma, há melhorias nos processos, otimização de recursos e potencialização de resultados.

Acreditamos que apenas por meio de um trabalho coeso e estruturado é possível alcançar resultados de sucesso. Portanto, estruturamos a Metodologia Rubeus de Captação Sustentável que trabalha, dentre outras variáveis, a educação contínua. 

Metodologia Rubeus

Além disso, a metodologia promove o:

  • aumento da captação no topo do funil;
  • qualificação de interessados;
  • aumento de conversões;
  • diminuição de custos de captação.

Em síntese, são trabalhados a atração, nutrição e conversão de alunos para os processos de captação e controle de evasão, satisfação e educação continuada para os processos de permanência.

👉 Quer saber mais sobre a Metodologia Rubeus de Captação de Alunos sustentável? Clique no link e veja como ela pode otimizar os processos da sua instituição de ensino! 

[E-book] Revolucione os processos da sua IE

Que tal potencializar os resultados de captação e permanência de alunos da sua IE? Com o intuito de te ajudar neste desafio, preparamos um e-book com 4 experiências que a Rubeus soluciona no ensino básico + 4 experiências no ensino superior, confira!

Para solicitar esse conteúdo, basta clicar na imagem abaixo. 🙂

[E-book] Revolucione os processos da sua IE - Rubeus

Conclusão

Qualificar-se, constantemente, é, atualmente, um dos principais desafios de profissionais dos mais diversos ramos de atuação. Nesse sentido, a educação contínua é uma prática essencial. Ademais, ela oferece diversos benefícios, tanto para os alunos quanto para as instituições de ensino.

Ademais, dentre as práticas que as IEs podem adotar para promovê-la estão a oferta de cursos de extensão, a organização de workshops ou conferências externas, o incentivo à aprendizagem híbrida e à opção por cursos de pós-graduação.

Por fim, queremos saber de você: sua instituição de ensino já trabalha a educação contínua? Nos conte a sua experiência! 

Ah, não deixe de compartilhar este conteúdo com a sua equipe! Afinal, um time que aprende junto, cresce mais rápido. 😉

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.