Você já ouviu falar nas alterações definidas para a última etapa da Educação Básica? Sabe exatamente o que é o Novo Ensino Médio? Entenda agora quais as principais mudanças, prazos e pontos relevantes!

Desde já te convidamos a compartilhar este conteúdo! Se você conhece alguém que ainda não sabe nada sobre o que é o Novo Ensino Médio ou que tem alguma dúvida sobre o que muda, já copia o link e compartilha esse conteúdo! 😉

Boa leitura e bons insights!

Introdução

O ensino médio refere-se à etapa escolar oferecida após o ensino fundamental e antes do ensino superior opcional. Em resumo, ele configura-se como um momento intermediário. Isso porque o aluno está migrando de um estágio mais básico da educação para o ensino superior, momento no qual tomará uma das decisões mais importantes de sua vida: a escolha da profissão que seguirá. 

Por configurar-se como um momento crucial e decisivo, notou-se a necessidade de preparar os alunos de uma forma mais direcionada. Para isso, deve-se estruturar ações específicas que atuem neste momento de transição.

Tudo isso, somado às transformações que vêm emergindo no cenário educacional, expõem a necessidade de uma reestruturação do currículo acadêmico e das práticas pedagógicas atualmente adotadas.

Sendo sustentadas pela junção das Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio (DCNEM), da Lei de Diretrizes e Bases (LDB) e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as mudanças culminaram no Novo Ensino Médio.

Ilustração

O que é o Novo Ensino Médio?

A Medida Provisória, agora lei, que abarca o Novo Ensino Médio foi aprovada depois de 9 audiências públicas e 566 emendas realizadas por senadores e deputados.

Com o intuito de responder de forma simples o que é o Novo Ensino Médio, podemos resumir que ele consiste em uma reforma da grade curricular. Essa reestruturação foi aprovada através da Lei nº13.415/2017, sancionada no governo do ex-presidente Michel Temer. 

Basicamente, a reforma implica em alterações nas Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Resultado? Mudanças significativas na forma como o ensino brasileiro está atualmente estruturado.

Qual o objetivo do Novo Ensino Médio? 

Agora que você já conhece o que é o Novo Ensino Médio, podemos analisar mais detalhadamente qual o seu objetivo. 

Em suma, ele tem como finalidade proporcionar um ensino de qualidade e mais igualitário. Para isso, pontos importantes serão trabalhados, tais como o protagonismo dos alunos, seus interesses e a preparação para a demanda requerida pelo dinamismo do mercado atual e, por fim, a adoção de novas tecnologias.

Um ponto importante diz respeito ao fato de que perante o novo modelo, as escolas possuem maior autonomia para definirem quais itinerários formativos desejam oferecer. Entretanto, vale a pena ressaltar que deve-se sempre levar em consideração uma grade curricular que estimule a participação da comunidade escolar

Além disso, as disciplinas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Matemática são obrigatórias.

Ilustração

Frente às possíveis alterações, ainda em 2018 a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) homologou um documento que abarca as normas de aprendizagens fundamentais para o Ensino Médio

Dessa forma, é de responsabilidade das instituições de ensino implementarem as diretrizes da reforma e da BNCC para o Novo Ensino Médio, sem perder de vista os prazos estabelecidos.  

O que muda com o  Novo Ensino Médio? 

Com o intuito de facilitar a compreensão das alterações, o MEC estruturou um conteúdo de perguntas e respostas, a fim de esclarecer as principais dúvidas. 

Em resumo, as mudanças propostas abarcam alterações em diferentes esferas:

Parte comum a todos os alunos: a Formação Geral Básica deve contemplar todas as habilidades e competências que estão previstas na BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

Parte mais flexível: é a parte de livre escolha do aluno. Ela é formada por itinerários formativos e unidades seletivas.

A seguir, detalhamos ponto a ponto o que realmente muda, veja:

  • Carga horária

Diferentemente do método tradicional de ensino, no qual todos os alunos possuem um mesmo formato de ensino, com disciplinas iguais e obrigatórias, no Novo Ensino Médio, há mudanças profundas no que tange a personalização do estudo. Ou seja, a experiência acadêmica não limita-se a uma quantidade estabelecida de carga horária fixa

Semelhante ao formato adotado em países como Estados Unidos e Finlândia, as mudanças viabilizam que o aluno tenha liberdade de escolha entre as áreas do conhecimento. Isto é, ele fica livre para escolher as matérias/disciplinas que mais deseja se aprofundar ao longo dos anos.

Com essa mudança objetiva-se que os alunos saiam do teórico e tenham uma ideia mais clara e direcionada do que realmente desejam para o futuro. Ou seja, é uma forma de prepará-los, fazendo com que saiam da sala de aula com um preparo mais técnico e profissional. E, consequentemente, mais preparados para as demandas do mercado de trabalho. 

Para que isso fosse possível, a carga horária foi adaptada. Acrescentou-se um total de 3.000 horas, distribuídas ao longo dos anos. Resumidamente, ficou assim:

– 1.800 horas ficam direcionadas às disciplinas obrigatórias. Isso é, aquelas que são comuns a todos (Formação Geral Básica);

– 1.200 são de escolha do aluno, mediante a seus possíveis interesses pessoais e profissionais.

  • Itinerários formativos

Uma vez entendido o novo formato da carga horária, podemos compreender melhor o que são os itinerários formativos. 

Em resumo, eles se referem às 1.200 horas mínimas opcionais aos alunos, destinadas ao aprofundamento em áreas do conhecimento de seus interesses. 

Os itinerários formativos podem auxiliar não somente aqueles que ainda não possuem ideia do que fazer em sua futura profissão, mas também aqueles que já tenham uma maior clareza sobre a área que deseja seguir profissionalmente.

  • Projeto de vida

Um dos principais objetivos do Novo Ensino Médio é proporcionar uma base mais fundamentada para que os alunos optem pela profissão que mais se identificam pessoal e profissionalmente. Portanto, é preciso proporcionar uma ponte que viabilize o contato com os mais diversos saberes. Dessa forma, torna-se possível facilitar a tomada de decisão.

Com o Novo Ensino Médio torna-se obrigatório que as instituições de ensino desenvolvam o Projeto de Vida dos estudantes em todas as escolas. O objetivo é incentivar o desenvolvimento de determinadas habilidades, como trabalho em equipe, a compreensão e o domínio de tecnologias.

  • Base Nacional Comum Curricular (BNCC)

É fundamental que as instituições de ensino possuam um currículo que esteja alinhado à BNCC. Além de dialogar com as competências e as habilidades a serem desenvolvidas. 

  • ENEM

O ‘’novo formato do ENEM’’ é um dos temas mais debatido. Contudo, ainda não há nada definido. Já foi solicitado um documento junto ao INEP com a finalidade de orientar e servir de base para a matriz do exame nessa nova etapa.

Cronograma do processo de transição

Já que o nosso tema consiste em o que é o Novo Ensino Médio, suas principais mudanças e pontos fundamentais, não podemos deixar de mencionar os prazos!

  • 2020: reestruturação do Novo Ensino Médio.
  • 2021: planejamento por parte das escolas para aplicar todas as mudanças previstas.
  • 2022: prazo final para a implementação da carga horária mínima prevista. As adequações devem estar prontas para o início do ano letivo.

Material complementar para enriquecer a sua experiência!

Agora que vimos o que é o Novo Ensino Médio, chegou a hora de nos aprofundarmos ainda mais!

Por ser um assunto extremamente rico, nós optamos por criar um novo conteúdo no qual detalhamos mais sobre os Itinerários Formativos. Nele, reunimos informações valiosas para a sua instituição de ensino. Vale a pena conferir!

Quais são os eixos estruturantes dos Itinerários Formativos? Entenda agora! - Rubeus

Considerações finais 

Espero que esse conteúdo tenha sido útil! Para tornar sua experiência ainda mais completa, eu tenho um convite para você!

Sabemos que o cenário educacional envolve muitas notícias e novidades que ocorrem rapidamente. Com o intuito de ajudar as instituições de ensino, criamos o Boletim Informativo no qual reunimos notícias relevantes mensalmente e enviamos diretamente via e-mail.

Caso você ainda não receba nosso boletim, te convido a fazer parte do grupo. Para isso, é só clicar na imagem abaixo!

QUERO RECEBER O BOLETIM PARA IEs - Rubeus

Agora, queremos saber de você! Quando o assunto é o que é o Novo Ensino Médio, sua instituição de ensino já está se preparando? Conta para a gente aí nos comentários!

Bons resultados e até a próxima! 😉

Paloma Estevam - Rubeus

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.