A interdisciplinaridade escolar configura-se como uma prática pedagógica que corrobora para o desenvolvimento do aluno em sua totalidade. Seu principal objetivo é promover a integração entre as disciplinas ao contextualizar os conteúdos, tornando, dessa forma, toda a experiência ainda mais completa.

Confira agora nossas dicas e insights sobre a interdisciplinaridade escolar e como promovê-la, cada dia mais, em sua instituição de ensino. Fique atento(a), pois reunimos ao longo do conteúdo, materiais complementares que poderão ser úteis para o entendimento. Boa leitura!

Introdução

Seja você educador e/ou um ex-aluno, tenho certeza que já ouviu ou já sentiu que, muitas vezes, os conteúdos estudados são desconexos e soltos, que uma disciplina não tem muita ligação com a outra, que a “professora Lúcia” da aula de Ciências, não tem relação nenhuma com o “professor Renato” da aula de História. 

Justamente para eliminar essa percepção é que a metodologia da interdisciplinaridade escolar foi desenvolvida. 

O termo interdisciplinar é aplicado em pedagogias educacionais para referir-se a estudos que utilizam métodos e percepções de múltiplas disciplinas. A seguir veremos mais sobre sua definição, acompanhe.

O que é interdisciplinaridade escolar?

Resumidamente, a interdisciplinaridade, também denominada estudos interdisciplinares, consiste em uma metodologia que trabalha a combinação entre duas ou mais disciplinas acadêmicas em uma atividade desenvolvida pelo aluno, como por exemplo, um projeto de pesquisa.  

Basicamente, a interdisciplinaridade na escola promove a combinação de métodos e percepções, ao incentivar o conhecimento de diferentes ramos educacionais.

Interdisciplinaridade escolar: saiba mais sobre a metodologia que integra as disciplinas - Rubeus

Nesse sentido, pode-se dizer que quando a instituição de ensino trabalha a interdisciplinaridade escolar, ela promove a relação prática entre os conteúdos estudados pelos alunos. Ou seja, há uma relação perceptível entre as disciplinas, mesmo que lecionadas por diferentes docentes. 

Interdisciplinaridade escolar: exemplo prático

A professora Maria leciona Química na Rede Exemplo. Atualmente, seus alunos estão aprendendo sobre a composição química da água, bem como ela reage com outros elementos da tabela periódica. 

Já na aula do professor Mariano, que leciona Biologia, eles estão aprendendo sobre como o ser humano precisa da água para sobreviver e como o corpo absorve sua composição. 

Já na aula da professora Aline, que leciona Geografia, os alunos estão estudando sobre o desperdício da água e como isso pode afetar a vida humana futuramente.

Nosso exemplo acima foi bem sucinto, mas serviu para ilustrar uma forma prática de se trabalhar a interdisciplinaridade escolar. 

Vale ressaltar que, ao optar por essa prática, a instituição de ensino definirá a melhor forma de trabalhar a integração das disciplinas no dia a dia educacional. 

Interdisciplinaridade x Multidisciplinaridade

Embora tenham nomes semelhantes, ambos os conceitos trabalham abordagens distintas. E para não restarem dúvidas, iremos detalhar cada uma a seguir, veja:

Como vimos, a interdisciplinaridade trabalha sob a perspectiva de integração entre as disciplinas e conteúdos, ao proporcionar uma visão mais holística de todo o processo de aprendizado. 

Já a multidisciplinaridade consiste em uma metodologia que trabalha sob a perspectiva de que, apesar de possuírem diferentes disciplinas, não há integração entre elas. Nesse formato, cada professor trabalha separadamente seu conteúdo, sem estabelecer intencionalmente uma relação com as demais disciplinas.

Objetivos da interdisciplinaridade escolar

Há diferentes objetivos trabalhados pela interdisciplinaridade escolar, dentre eles estão:

  1. Integração entre os conteúdos;
  2. Contribuição para uma formação acadêmica mais completa;
  3. Construção de percepções mais amplas e aprofundadas sobre diferentes temas trabalhados ao longo de sua formação acadêmica;
  4. Contribuição para a formação humana do aluno;
  5. Incentivo ao desejo de aprendizado contínuo.

Por que praticar a interdisciplinaridade escolar?

Sabemos que quando o aluno investe em seu desenvolvimento educacional, ele busca por uma experiência que supra suas expectativas e ajude-o a realizar-se tanto pessoal quanto profissionalmente.  

Frente a isso, fato é que os alunos estão em busca de uma experiência mais holística, ou seja, mais ampla e completa. Eles buscam por uma formação que os faça sentir “na pele” que vale a pena o investimento realizado. Ou seja, todos os seus alunos querem cursos coerentes e bem estruturados que ofereçam maior flexibilidade e sejam capazes de ampliar suas perspectivas. 

Imagem ilustrativa

Mas, engana-se quem acha que são apenas os estudantes os interessados na prática pelos resultados gerados pela interdisciplinaridade escolar. 

Paralelamente a eles, de forma cada vez mais frequente, os empregadores estão em busca de profissionais que possuam competências amplas que extrapolem as barreiras de conhecimentos de suas próprias disciplinas, que entreguem além da expectativa, que saibam resolver problemas, que desenvolvam uma comunicação eficaz e possuam grande capacidade para desenvolver o trabalho em equipe. 

Uma breve pausa para um convite

Sabemos que no cenário educacional muitas notícias e novidades ocorrem rapidamente. Por isso, nada melhor do que saber delas com prioridade! 

Em nosso Instagram postamos diariamente inspirações e informações valiosas para auxiliar na rotina das instituições de ensino. Que tal dar uma olhada? Basta clicar na imagem abaixo e irá abrir uma nova aba que te levará para o nosso perfil. Você pode dar uma olhadinha assim que acabar a leitura aqui! ;D

Quero seguir o @canalrubeus!

Os benefícios da interdisciplinaridade escolar 

Há diversas vantagens em se trabalhar a interdisciplinaridade escolar, separamos 3 delas para você analisar:

  • Desperta o interesse dos alunos

Para os alunos, toda a jornada tende a se tornar mais atrativa quando eles conseguem ver na prática que tudo o que estudam está, de uma forma ou outra, interligado. Somente assim será possível gerar um sentimento de compreensão e motivação. 

  • Proporciona uma experiência mais completa de aprendizado 

A interdisciplinaridade escolar proporciona “coerência” no que tange aquele sentimento de “por que tenho que estudar isso se nunca vou usar na minha profissão?”. Isso porque o conteúdo é baseado em experiências. Ou seja, ele oferece uma razão autêntica para aprendê-lo ao aplicar a experiência de aprendizagem em um contexto. 

  • Incentiva o desenvolvimento de habilidades

A prática da interdisciplinaridade escolar também promove o desenvolvimento e aperfeiçoamento de habilidades. Pensamento crítico e auto aprendizado são alguns exemplos.

Como aplicar a interdisciplinaridade escolar?

Existem inúmeras maneiras de praticá-la, mas a seguir expomos 4 delas, veja:

  • Conscientize

Tudo o que demanda colaboração entre as equipes precisa ser bem planejado e trabalhado. Por isso, busque, primeiramente, conscientizar os docentes da importância de se trabalhar essa metodologia. Dessa forma, todo o processo se torna mais fácil e integrado.

  • Promova a colaboração entre as disciplinas

Sua instituição de ensino pode estabelecer a colaboração entre disciplinas com o intuito de encontrar áreas de interesse comum ou para identificar novas abordagens de ensino-aprendizagem. 

  • Trabalhe estudos de caso

Derivada da aprendizagem baseada em problemas, ao utilizar a estratégia de estudo de caso, os alunos deverão analisar uma determinada situação – podendo ser real ou não – e, a partir disso, tentar encontrar a solução para algum problema apresentado.

Por isso, incentive o estudo sobre diferentes casos que demandem uma análise mais ampla de diferentes fatores. Assim, os alunos serão capazes de trabalhar juntos e mostrar uma perspectiva mais pessoal sobre um problema ou questão. 

Se você quiser saber mais sobre o estudo de casos, recomendamos que leia nosso conteúdo sobre Metodologias ativas.

  • Quebre paradigmas 

Devido ao fato de que por muito tempo trabalhou-se a abordagem multidisciplinar, alguns alunos podem ser mais resistentes quando frente à mudança de metodologia. Por isso, é importantíssimo tornar toda a experiência mais atrativa e inovadora possível. Portanto, utilize recursos como textos interativos, músicas e até mesmo a gamificação. 

E aí, gostou?

Espero que esse material tenha sido útil! Caso você ainda não receba nosso conteúdo  diretamente em seu e-mail, junte-se a nossa rede de contatos e receba nossas novidades, gratuitamente e com prioridade.

Além de dicas, nós disponibilizamos também notícias, conteúdos e insights sobre o cenário educacional. Para fazer parte do grupo, é só clicar na imagem abaixo!

QUERO RECEBER NOVIDADES DA RUBEUS

Se esse conteúdo foi útil para você, que tal compartilhá-lo com alguém? E não esqueça de nos contar, nos comentários, o que achou!

Bons resultados! 😉

 

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.