Quase todo mundo gosta de música, seja ouvindo, cantando ou tocando algum instrumento. Além de incentivar uma maior concentração, ela tem o poder de desenvolver o lado cognitivo de quem a ouve. Por oferecer diversos benefícios, hoje iremos falar sobre a importância da música na educação.

Neste post, evidenciamos a utilização da música como instrumento facilitador da aprendizagem. Elencamos também, ao longo do conteúdo, alguns materiais complementares para auxiliar na construção do conhecimento. Boa leitura!

Introdução

É cada vez maior a procura por mão de obra qualificada que possua uma formação completa, ou seja, tanto acadêmica quanto humana. As buscas por profissionais que possuam soft skills, somadas a um currículo atrativo, dispararam em todo o mundo. Isso ilustra a importância de se trabalhar o desenvolvimento completo do estudante e não apenas a fixação de conteúdos pré-determinados.

É a partir da percepção dessa necessidade que as instituições de ensino devem trabalhar a formação completa de seus alunos desde os primeiros passos dele na educação. 

Nessa busca, muitos programas educacionais criativos, como arte e música, antes considerados desnecessários, estão sendo reintegrados e vistos como conteúdos que contribuem para o desenvolvimento cognitivo e emocional do aluno, gerando impactos importantes no seu crescimento e desenvolvimento.

Ilustração

Pensando no quão relevante é esse tema, reunimos ao longo do conteúdo, 6 benefícios que ilustram a importância da música na educação. Já aproveitamos para te convidar a nos contar, nos comentários, a sua experiência sobre o tema, pode ser?

A importância da música na educação

A música configura-se como um elemento importante que contribui para uma educação completa. Quando trabalhada em harmonia com outros assuntos e áreas de estudo, ela tem o poder de auxiliar os estudantes a desenvolverem habilidades importantes como a criatividade, memorização e a saúde emocional.

Falando em criatividade, temos um artigo que detalha a importância dessa prática para o desenvolvimento do estudante. Estou te avisando porque ele pode enriquecer ainda mais a sua leitura. Dê um clique na imagem abaixo e confira: 

Criatividade em sala de aula - Rubeus

Apesar de ser tão importante, a utilização da música na educação ainda é considerada, por muitos, como uma “perda de tempo”. Por isso, é cada vez menos oferecida em muitos sistemas educacionais. Infelizmente, muitas IEs começaram a excluir a música de seus currículos para abrir espaço para outras disciplinas.

Ilustração

Como vimos no artigo Ansiedade no ambiente escolar: como detectar, lidar e estruturar ações eficazes, esse é um dos problemas que tem afetado cada vez mais os alunos, em diferentes níveis da educação e em diferentes realidades.  A música configura-se como um elemento que tem o poder de mudar essa realidade ao estimular o aprendizado e contribuir para um melhor desenvolvimento do cérebro, gerando alívio ao estresse imposto pela rotina, muitas vezes cansativa, de aprendizagem. 

A música e o corpo humano

Um estudo divulgado na Proceedings of the National Academy of Sciences descobriu que a dopamina, um neurotransmissor importante no funcionamento cognitivo, emocional e comportamental do ser humano, desempenha um papel direto na “sensação de recompensa” oferecida pela música.

“[…]. O que podemos afirmar é muito mais interessante: ouvir as músicas que você gosta faz com seu cérebro libere mais dopamina, um neurotransmissor crucial para o funcionamento cognitivo e emocional dos humanos”, declarou um dos responsáveis pelo estudo.

Alguns números sobre a música

A música tem um grande poder de despertar sensações e lembranças. Já é comprovado que ela auxilia na concentração. 

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Caen, na França, estudar matemática ao som de música clássica aumenta cerca de 12% a concentração.

Segundo pesquisadores do Reino Unido, algumas músicas têm a capacidade de reduzir a ansiedade em 65%

Ilustração

Um estudo realizado em parceria pelo serviço de Streaming Deezer e a Academia Britânica de Terapia do Som, revelou que:

– Cerca de 90% dos participantes disseram que ouvem música quando desejam relaxar;

– Um total de 82% relataram se sentirem mais felizes ao ouvir suas músicas favoritas.

Os benefícios da utilização da música na educação

A seguir te mostraremos 6 benefícios da utilização da música para promover uma maior aprendizagem: 

1) Expansão da linguagem

A música proporciona uma expansão do vocabulário por explorar palavras que muitas vezes não são comuns à esfera de vivência do aluno. 

Além disso, ela contribui para uma melhor dicção ao trabalhar o tempo musical e as entonações.

Especialmente em crianças pequenas, a música beneficia diretamente a habilidade de aprender palavras, falá-las corretamente e processar os muitos novos sons que ouvem de outras pessoas.

2) Desenvolvimento do raciocínio lógico

O treinamento musical auxilia no desenvolvimento do raciocínio lógico. Isso porque os alunos que têm treinamento musical precoce tendem a  desenvolver as áreas do cérebro ligadas à linguagem e ao raciocínio. 

O lado esquerdo do cérebro, que é responsável pela linguagem, realização de cálculos, determinadas memórias, resolução de problemas e à fala, é melhor desenvolvido com a música.

Ilustração

3) Se conectar com outras pessoas

O 3ª fator que ilustra a importância da música na educação é a capacidade de expressão.

Dentre os motivos que ilustram a importância da música na educação está a conexão com outras pessoas.

A música proporciona a expressão de sentimentos, falas e talentos que, muitas vezes, são reprimidos pelo aluno por não ter espaço para se expressar no dia a dia da dinâmica escolar.

A seguir veremos mais alguns dos benefícios da educação musical, mas antes eu tenho um convite para você!

Uma pausa para um convite

A Rubeus disponibiliza uma página repleta de materiais gratuitos, desenvolvidos para os nossos leitores. 

Temos diversos conteúdos que trabalham diferentes temas e abordagens, mas que possuem o mesmo objetivo: ajudar você e a sua instituição a captar e converter mais alunos.

Clique na imagem abaixo e favorite a página para você sempre tê-la à mão. 😉

CTA: Conheça nossa página de materiais - Rubeus

4)  Memorização

A música requer um alto nível de memorização. E o mais legal é que os alunos trabalham a memorização por meio de uma forma prazerosa, ou seja, tudo acontece de forma natural e divertida!

Isso acontece porque a música é facilmente armazenada em nossa memória, seja por a associarmos a lembranças prazerosas ou por a associarmos a uma pessoa ou sentimento. 

5) Desenvolvimento emocional

Estudantes que aprendem através da música tendem a serem mais desenvolvidos emocionalmente por exercitar sua interpretação pessoal dos ritmos. 

Outro ponto positivo é que eles possuem grandes chances de desenvolver uma maior empatia por outras culturas ao apreciar a pluralidade da música.

Além disso, eles também tendem a ter uma autoestima mais elevada e são melhores em lidar com a ansiedade.

6) Imaginação e curiosidade intelectual

A música pode ajudar a promover uma atitude positiva em relação ao aprendizado e à curiosidade. Ela desenvolve todo o cérebro e contribui para a imaginação.

E aí, gostou?

Espero que esse conteúdo tenha sido útil! Para tornar sua experiência ainda mais completa, eu tenho um convite para você!

Sabemos que no cenário educacional muitas notícias e novidades ocorrem rapidamente. Por isso, nada melhor do que saber delas com prioridade! 

Em nosso Instagram postamos diariamente inspirações e informações valiosas para auxiliar na rotina das instituições de ensino. Que tal dar uma olhada? Basta clicar na imagem abaixo e irá abrir uma nova aba que te levará para o nosso perfil. 

Quero seguir o @canalrubeus!

Agora queremos saber de você! Quando o assunto é a importância da música na educação como sua IE tem atuado? 

Bons resultados! 😉

Receba dicas de captação e retenção de alunos!

Receba quinzenalmente dicas, ideias e inspirações sobre como captar e reter alunos de forma sustentável.

Tenha acesso a ferramentas, processos e boas práticas para tornar sua instituição de ensino referência no mercado educacional.