O marketing educacional pode melhorar a captação de alunos. E o melhor, você não precisa sequer mudar de sistema

Carlos acabou de concluir o ensino médio.  Desde o jardim de infância ele tinha certeza de que queria ser um contador, como seu pai.

Até o dia 26 de dezembro, quando deparou-se com uma inscrição de vestibular pela primeira vez.

Eram 7:15 da manhã e ele estava no ônibus a caminho da escola.

Um outdoor chamou sua atenção. Ele dizia “Realize nosso Vestibular – Seu futuro está aqui“. Aproveitou que já conhecia tudo que o Facebook poderia oferecer e entrou no site da faculdade (com seu Iphone novo) para conferir se ela ofertava o curso dos seus sonhos.

Enquanto a página lentamente carregava a frase do outdoor não saia da sua cabeça. “Seu futuro está aqui”. Uma dúvida levou sua imaginação para dentro do escritório de contabilidade do seu pai: “será que quero passar minha vida toda em meio a todos aqueles balanços e livros caixa?”

Essa demora no carregamento ou ainda, a falta de responsividade no website, poderiam levar Carlos à desistência. Aliás, é impressionante notar o elevado número de faculdades que até hoje não possuem um portal de inscrições para seu processo seletivo acessível e com layout agradável para dispositivos móveis.

Como Carlos poderia acessar aquele site? Ele iria anotar o site para acessar do seu computador quando chegasse em casa depois da aula de biologia?

Bom, enquanto o site carregava a opinião de Carlos sobre a faculdade se formava. Quanto mais lento era o carregamento, mais lenta parecia a faculdade. O sentimento de frustração e quebra de expectativa começava a ser formado em Carlos.

 

A experiência do aluno versus Marketing educacional

Quando enfim o site abriu, havia lá a opção de 18 cursos diferentes. Foram longos 8 minutos de leitura pelas diversas opções até perceber que não sabia realmente qual curso escolher.

Pelo sim, pelo não, clicou em “Inscreva-se” no curso de Ciências Contábeis, foi quando um formulário enorme foi aberto.

Nossa, eram tantos dados solicitados. Carlos nunca tinha respondido um formulário tão grande assim.  Antes mesmo de terminar, o ônibus chegou ao seu ponto e ele resolveu pensar um pouco mais sobre o assunto antes de realmente inscrever-se.

Histórias como a de Carlos acontecem todos os dias.

A divulgação do processo seletivo (nesse caso o outdoor) traz um potencial aluno até a “porta” da instituição. Mas é a experiência que ele tem ao abrir a página que define se ele fica ou não.

Essa experiência é preciosa.

Não seria interessante oferecer a esse potencial aluno um site de carregamento rápido e acessível por smartphones?

Ou mais do que isso, não seria interessante perguntar seu nome, e-mail e telefone e armazená-los antes de quaisquer outros dados de inscrição?

 

Marketing educacional e captação de alunos no mercado atual

Exemplo de Processo seletivo arcaico

O que tenho visto no mercado são sites arcaicos, lentos e formulários gigantes. Algumas vezes se pede o CPF antes de qualquer outra informação!

Cabe aqui a pergunta: Qual é o tamanho da sua resistência em fornecer seu CPF? A minha é enorme.

O fato é que na maioria das vezes as instituições utilizam os portais disponibilizados pelos sistemas de gestão. Esses sistemas quase sempre não são focados na experiência do usuário.

Com isso a instituição opta por utilizar o portal que já tem e que já alimenta os dados de matrícula de seus futuros alunos. As razões para essa decisão, financeiramente falando, são justas. Mas quando o assunto é a captação de alunos essa prática é extremamente arriscada e perigosa.

Já parou para pensar nisso? É como se todo o dinheiro gasto para trazer o potencial aluno até o site de inscrições fosse perdido.

 

O grande desafio

É evidente, então, que um dos grandes desafios das instituições de ensino é justamente oferecer uma experiência moderna e simples para seu potencial aluno.

Isso sem perder consistência e informações relevantes que serão utilizados na matrícula no sistema de gestão da instituição.

Quer saber qual experiência digital que sua instituição de ensino está oferecendo aos seus potenciais alunos? Solicite o diagnóstico institucional e saiba quais os pontos fortes e fracos da sua atual estratégia de captação de alunos.

Solicite um Diagnóstico Institucional - Rubeus

ATIVE O NOSSO ENVIO DE CONTEÚDO!
Ative o nosso envio de conteúdo para ter nossas melhores dicas e estratégias em primeira mão na sua caixa de entrada.